VOLTAR
Criminal Profiling - Psicologia Investigativa

Criminal Profiling - Psicologia Investigativa

Local

Ribeirão Preto - SP

Horário

Sexta-feira: 18 às 23h e Sábado: 8 às 18h
(1 final de semana por mês)

Duração


24 Meses

Investimento

25x de R$ 762,00**

- Ribeirão Preto - SP: Matrículas abertas até 09 de Fevereiro de 2018 -

 

O Curso

Curso de Pós-Graduação "Lato Sensu" em Criminal Profiling - Psicologia Investigativa

CERTIFICAÇÃO: Curso reconhecido pelo MEC com dupla certificação (acadêmica e profissional).

INÍCIO DAS AULAS:

Ribeirão Preto - SP - 16/03/2018
Sede do IPEBJ - Av. Senador César Vergueiro, 505

 

APRESENTAÇÃO 

Segundo o autor Agrapart Delmas (2001), o profiling consiste num processo de análise criminal que associa as competências do investigador criminal e do especialista em comportamento humano.

Único no Brasil, este curso pretende explorar técnicas de investigação criminal no que concerne à definição do retrato psicológico e perfil criminal, sendo criado em resposta a uma necessidade de capacitação detalhada de profissionais que têm interesse em ciência forense e criminal e que buscam investigar o comportamento predatório e possam atuar na elaboração da análise criminal.

Durante o curso serão abordados temas como a análise de cena de crime, o "modus operandi", a assinatura do delinquente, o perfil geográfico e a vitimologia entre outros. Através da vitimologia, se estudará o risco e exposição da vítima, seu estilo de vida e análise de avaliação de risco. O aluno conhecerá os diferentes elementos de análise que se usam para realizar um perfil criminológico.

O curso de Criminal Profiling analisa os motivos e as intenções dos criminosos em série, observando minuciosamente todos os vestígios psicológicos por eles deixados no local do crime. Hoje em dia, as agências policiais internacionais confiam, cada vez mais, no trabalho dos peritos forenses para conduzir os seus processos de investigação. Esta procura deve-se ao aumento significativo e constante das psicoses e psicopatologias, em que o agente policial, ao realizar o perfil do criminoso, procura combater o crime através de uma perspectiva diferente.

ATUAÇÃO DO PROFILER NO MERCADO DE TRABALHO
O profiler pode atuar profissionalmente de várias maneiras. Como especialista na identificação do perfil criminal, pode atuar como assistente técnico, fornecendo pareceres, quando solicitado judicialmente por algumas das partes (defensoria ou acusação). Esse profissional pode fornecer consultoria e assessoria para investigadores, policiais, delegados, atores jurídicos, bem como para escritores, roteiristas e diretores de filmes e novelas, por exemplo, dada o claro e crescente ¬interesse que essa área desperta no público.

Esses profissionais são aptos para lecionar diferentes disciplinas associadas ao Criminal Profiling, seja em instituições de ensino ou empresas, ou mesmo em Academias de Policia quando requisitados ou aprovados em concursos específicos para vagas de docente (como ocorreu recentemente com a abertura de concurso público para docência de Perfilamento  Criminal (Criminal Profiling) para delegados em formação na Academia de Polícia). Também podem atuar como Peritos Criminais, caso aprovados em concurso da Polícia Civil ou Federal, incentivando e auxiliando no uso dessa estratégia, ainda não tão conhecida e utilizada pela polícia brasileira.

Em âmbito privado, os profilers podem ser contratados por empresas de segurança para evitar a ocorrência de crimes (mesmo fraudes) e seguradoras, com embasamento em seu conhecimento sobre a atuação criminal. Aqueles interessados em tecnologia podem contribuir para o desenvolvimento de softwares e equipamentos válidos para o Criminal Profiling, aproveitando seu conhecimento sobre as necessidades e oportunidades nessa área.

Outro campo vasto abrangido pelo Criminal Profiling é a pesquisa. O profiler pode desenvolver pesquisas acadêmicas sobre mapeamento geográfico criminal, comportamento verbal e não-verbal, Psicologia Investigativa, Criminologia, entre diversos outros. Além disso, psicólogos e profissionais do Direito, delegados e investigadores podem especialmente se beneficiar dos conhecimentos adquiridos sobre Criminal Profiling e contribuir significativamente para suas áreas de atuação.

Objetivo

OBJETIVOS
Dotar os profissionais de conhecimentos, competências e técnicas na área do Criminal, Profiling nas vertentes psicológica e geográfica (habilitar a elaboração de perfis psicológicos e geográficos);
Conhecer os diferentes tipos de Criminal Profiling incluindo a Psicologia Investigativa;
Capacitar os profissionais à prática e à pesquisa na análise criminal e elaboração de perfis;
Habilitar à elaboração de perfis psicológicos e geográficos;
Dotar os formandos de técnicas de investigação criminal no que concerne à definição do retrato psicológico e perfil criminal;
Oferecer aos interessados no estudo do crime e na investigação policial, conhecimento sobre as novas técnicas utilizadas pela Psicologia Investigativa (Investigative Psychology) para análise do comportamento criminal e da cena do crime.
Dar aos alunos uma compreensão dos princípios fundamentais e benefícios do processo de perfil criminoso, usando obras publicadas e os exemplos de casos.
Auxiliar estudantes e profissionais que desejam aprender e usar técnicas weitere perfis criminais em curso ou desenvolver as suas carreiras, informando-os para o ponto onde eles podem tomar decisões sobre como buscar níveis mais avançados de educação para cumprir essas metas passando a aplicar técnicas de perfil nos seus próprios campos especiais.
 
COMPETÊNCIAS A ADQUIRIR
A formação científica completa, rigorosa, atualizada e prática em perfis criminais. Competências de pesquisa e análise criminal.
Competências técnicas para a elaboração de perfis criminais, psicológicos e geográficos.
Desenvolvimento de capacidade reflexiva crítica.

Público Alvo

Graduados das áreas do Direito, Psicologia, Serviço Social, Psicanálise, Pedagogia, Sociologia, Ciências Sociais, Antropologia, Medicina. Graduados em Segurança Pública e Segurança Empresarial, Profissionais de Carreira Judiciária, Juízes, Promotores, Delegados, Investigadores e Peritos Criminais.
Profissionais com outras formações que tenham conhecimento e prática em Criminologia ou interesse na área, desde que aprovados no processo seletivo.

Informações Adicionais

*O IPEBJ reserva-se no direito de não iniciar a turma caso o número mínimo de alunos não seja atingido. Neste caso, o valor da primeira parcela paga será devolvido integralmente. 

Etapas do Processo Seletivo:
- Preenchimento da solicitação de matrícula e envio do currículo pelo aluno
- Avaliação das informações do aluno pela instituição
- Entrevista pessoal, caso seja solicitada pela coordenação
- Feedback de aprovação ou reprovação enviado para o email do aluno
- Após confirmação de aprovação, o aluno deverá efetuar o pagamento do boleto bancário já gerado.


Após a conclusão dessa etapa, enviar pessoalmente ou via correio:
Relação de Documentos Obrigatórios:
Requerimento de matrícula preenchido e assinado. (Clique aqui para fazer o download do requimento).
Documento comprobatório de associação do aluno à Instituição conveniada, para concessão de desconto no Curso
Atestado de Antecedentes Criminais.
Duas cópias autenticadas de:
Diploma de Graduação, devidamente registrado, obtido em curso superior reconhecido pelo Ministério da Educação, ou Certificado de Conclusão de Curso.

Duas cópias simples de:
Certidão de nascimento ou de casamento
CPF - Cartão de Inscrição na Receita Federal
RG - Cédula de Identidade ou Registro Nacional de Estrangeiro
Carteira de Reservista
Título de Eleitor
Comprovante de Residência
*Obs: Carteira de habilitação e carteira de registro profissional não serão aceitos como RG e CPF
02 fotos 3x4 recentes e coloridas

3 (três) vias do Contrato de Prestação de Serviços Educacionais (disponibilizado na Área Restrita)

Caso aprovado no processo seletivo, o Contrato de Prestação de Serviços Educacionais será disponibilizado na Área Restrita, no prazo de até 3 (três) dias úteis, que deverá ser assinado e rubricado em 3 (três) vias, e devolvido ao IPEBJ via correio, dentro de período estabelecido para as matrículas. No primeiro dia de aula, o aluno receberá sua via do contrato. A entrega dos documentos pessoais e do Contrato de Prestação de Serviços Educacionais são obrigatórios para confirmação da matrícula.

 

Programa

Duração: 24 meses
Aulas: 01 encontro presencial por mês (Sexta: 18h às 23h / Sábado: 8h às 18h)
Aulas presenciais: 360 h
TCC – 40 h
Estágio Supervisionado - 120 h -  a ser realizado na própria cidade onde o aluno reside, através de convênio com o IPEBJ.
Atividades extras: 200 h – estudo dirigido, avaliações, participação em eventos da área, dentre outras atividades afins.
Carga horária total: 720 h

 
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Disciplinas Carga Horária
Introdução ao Criminal Profiling: Traçando o Perfil Criminal 15 horas
Criminologia 15 horas
Criminologia Forense 15 horas
Teorias do Crime e Criminal Profiling  15 horas
Medicina Legal 30 horas
Psicologia Jurídica 5 horas
Psicologia Investigativa e Profiling Geográfico 10 horas
Teorias e Técnicas do FBI 15 horas
Análise de Evidências Comportamentais 30 horas
Comportamento Comunicativo 15 horas
Neurociência e Comportamento Criminal 15 horas
Metodologia Científica 10 horas
Linguística Forense e Fonoaudiologia 15 horas
Técnicas de Entrevista com Testemunha, Vítima e Suspeito 15 horas
Vitimologia 15 horas
Psiquiatria Forense, Psicopatologia Clínica e Criminalidade 30 horas
Negociação e Gerenciamento de Crise 15 horas
Criminalista e Levantamento de Local de Crime 15 horas
Didática 5 horas
Profiling em Roubo, Arrombamento, Incêndio e Sequestro 15 horas
Profiling em Homicídio e Serial Killers 15 horas
Profiling em Crimes Sexuais 15 horas
Aplicação do Criminal Profiling na Investigação Criminal 15 horas
Carga Horária Total 360 horas

 

 

Investimento

25x de R$ 762,00

Descontos

Desconto por indicação: 5% a cada indicação que se matricular em qualquer curso de pós-graduação lato sensu.

Desconto para ex-aluno de pós-graduação do IPEBJ: 15%.

Descontos através de convênios. Clique aqui

 

Coordenadores

Aline Lobato Costa

·         Doutora e mestre em Psicologia Investigativa pela Universidade de Liverpool-Inglaterra, ·         Professora efetiva e titular do Departamento de Psicologia e do Departamento de Direito, da Universidade Estadual da Paraíba-UEPB. ·         Coordenadora do Curso de Especialização em Inteligência Policial e Análise Criminal, convênio Ministério da Justiça-MJ/Secretaria de Segurança Pública da Paraíba/ACADEPOL-Paraíba/UEPB. ·         Coordenadora do Curso de Especialização em Direito Penal e Processual Penal e do curso de Especialização em Segurança Pública, convênio Ministério da Justiça-MJ/Secretaria de Segurança Pública da Paraíba/ACADEPOL-Paraíba/UEPB (ambos recém concluídos). ·         Professora de cursos de especialização da UEPB em Direito Penal; Segurança Pública; Perícia Criminal; Inteligência Policial e Análise Criminal. ·         Professora convidada do Curso de Especialização em Segurança Pública da Polícia Militar do Estado da Paraíba, João Pessoa-Paraíba. ·         Professora convidada do Curso de Especialização em Ciências Criminais do Centro de Educação Superior Reinaldo Ramos-CESREI, Campina Grande-Paraíba. ·         Professora convidada do Curso de Especialização em Psicologia Jurídica da Faculdade Integrada da Patos-FIP, Campina Grande-Paraíba. ·         Professora convidada do Curso de Especialização em Psicologia Jurídica e Inteligência Criminal do Instituto Nacional de Cursos-INCURSOS, Goiás. ·         Professora convidada do Curso de Especialização em Criminal Profiling do Instituto Paulista de Estudos Biomédicos e Jurídicos-IPEBJ, Ribeirão Preto-SP. ·         Presidente da Diretoria Regional Nordeste da Associação Brasileira de Psicologia Jurídica. ·         Professora ministrante de vários cursos para a Polícia Civil, Polícia Militar, Polícia Federal, Escola de Magistratura, Fóruns Criminais e Universidades, na área de Análise da Cena do Crime e do Perfil dos Criminosos; Comportamento Criminal; Técnicas de Investigação; Técnicas de Entrevistas com Testemunhas, Vítimas e Suspeitos; Geografia do Crime; Criminal Profiling, Psicologia Investigativa. ·         Palestrante em congressos e simpósios nacionais e internacionais. ·         Única brasileira com mestrado e doutorado em Investigative Psychology (Psicologia Investigativa).

Jeniffer Sati Pereira

Bióloga. Doutora em Ciências Biológicas (Biologia Vegetal), Mestre em Aquicultura e Pesca. FORMAÇÃO: Programa de Pós-graduação stricto sensu em Ciência Biológicas: Biologia Vegetal: UNESP – Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” campus Rio Claro curso de doutorado. Tese defendida em 01 de Julho de 2013. Título da tese: Estrutura e dinâmica da comunidade Fitoplanctônica no período de cinco anos em ambiente oligo-mesotrófico (Lago das Ninfeias), Parque Estadual das Fontes do Ipiranga, São Paulo. 2006 – 2008: Programa de Pós-graduação stricto sensu em Aqüicultura e Pesca – Instituto de Pesca São Paulo – SP Mestre em Aqüicultura e Pesca Dissertação defendida em 11 de Julho de 2008. Título da dissertação: Avaliação do impacto do efluente de piscicultura sobre o corpo receptor. 2002 – 2006: Universidade Presbiteriana Mackenzie. São Paulo - SP Bacharel em Ciências: Universidade Presbiteriana Mackenzie. São Paulo - SP Licenciado em Ciências. Diplomada. ÁREA DE ATUAÇÃO Limnologia, Comunidade Fitoplanctônica, Diversidade Alfa, Beta e Gama (índices biológicos), Aquicultura, Biologia Vegetal. ATIVIDADE PROFISSIONAL/ COORDENAÇÃO E DOCÊNCIA: Coordenadora do Laboratório de Ecologia Aquática do Núcleo de Pesquisa em Ecologia do Instituto de Botânica, São Paulo – SP- Brasil, carga horária de 20h mensais: monitora na disciplina “Ambientes aquáticos continentais” no curso de PÓS-GRADUAÇÃO EM BIODIVERSIDADE VEGETAL E MEIO AMBIENTE DO INSTITUTO DE BOTÂNICA, São Paulo- SP- Brasil, carga horária: 90 horas: monitora na disciplina “Ecossistemas aquáticos continentais: caracterização física e química da água (IPP 005)” no curso de PÓS-GRADUAÇÃO EM AQÜICULTURA E PESCA DO INSTITUTO DE PESCA, São Paulo- SP – Brasil. Carga horária: 60 horas. Professora de Japonês da Aliança Cultural Brasil Japão.

Tânia Konvalina Simas

Estudou Psicologia e Aconselhamento Psicológico na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto e em 2000 completou a Pós-graduação em Ciências Forenses no Instituto de Medicina Legal do Porto. Deixou Portugal fixando-se em Londres onde fez o Mestrado em Psicoterapia Integrativa no Regent's College School of Psychotherapy and Counselling. Durante os oito anos que viveu no Reino Unido, trabalhou como psicoterapeuta (consultório privado) e como psicóloga clínica destacando-se o trabalho que realizou na comunidade terapêutica -Ashley Road Day Centre- um projecto da ONG Islington MIND onde trabalhou com doentes psiquiátricos crónicos. De regresso a Portugal em 2008, enveredou pelo ensino académico no Instituto Superior da Maia-ISMAI, onde lecciona como professora convidada na licenciatura em Criminologia, no Departamento de Ciências Sociais e do Comportamento. Sendo ainda responsável pelas unidades curriculares de Biopsicossociologia do Comportamento Desviante e de Perfis Psicológicos em Criminologia. É também investigadora na Unidade de Investigação em Criminologia e Ciências do Comportamento, da mesma instituição (UICCC/ISMAI). Tem desenvolvido as suas investigações, produção científica e docência nas áreas dos Comportamentos Desviantes, Análise Comportamental no Contexto Investigativo, Psicopatia e Psicodinâmicas do Crime Violento. É professora convidada do Instituto Paulista de Estudos Bioéticos e Jurídicos (Brasil) leccionando na Pós-graduação em Profiling Criminal e Psicologia Investigativa. É ainda preletora em formações em eventos de instituições variadas como são o Instituto Português de Piscologia (Pós-graduação em Investigação Criminal e workshops) e o Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar da Universidade do Porto(Mestrado em Medicina Legal). Em 2012 publicou os manuais académicos Introdução à Biopsicossociologia do Comportamento Desviante e Profiling Criminal: introdução à análise comportamental no contexto investigativo. Ainda em 2012 tornou-se membro da International Association of Forensic Criminologists Em 2013 fundou Profiling Criminal - Formação e Consultoria começando a trabalhar na área da Criminologia Forense, sob a orientação do Professor Doutor Brent E. Turvey. Actualmente encontra-se a fazer o Doutoramento em Criminologia e Investigação Socio-Legal, mais especificamente sobre os aspectos éticos e legais da avaliação da psicopatia no contexto forense, com o Departamento de Sociologia e de Criminologia da Universidade de Essex no Reino Unido. É também membro do Conselho Consultivo da APC-Associação Portuguesa de Criminologia. Coordenadora e docente do IPEBJ. Membro do FSI Brasil.

Tânia Mara Volpe Miele

Especialização em Bioéitca pela Universidade Federal de Lavras, UFLA, Brasil. Bacharel em Ciências Biológicas Modalidade Médica pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras Barão de Mauá (1980) com habilitação em Patologia Clínica e Análises Clínicas; Possui graduação em Direito pela Universidade de Ribeirão Preto, SP (1997) com habilitação em Direito Privado; Especialista em Direito Médico, odontológico e da Saúde; Especialista em Ciências Forenses; Pós graduanda em Criminologia e Pós graduanda em Criminal Profiling; Sócia fundadora e diretora do IPEBJ - Instituto Paulista de Estudos Bioéticos e Jurídicos, editor responsável pela revista científica eletrônica Brazilian Journal of Forensic Sciences, Medical Law and Bioethics; Coordenadora Geral dos projetos de extensão e pós-graduação do IPEBJ Educacional; Idealizadora e coordenadora do FSI Brasil - Forensic Science Investigation - Unidade Privada de Estudo, Pesquisa e Extensão Investigativa na área Forense; Coordenadora da Comissão de Perícias Forenses da OAB/SP - Subsecção de Ribeirão Preto; Coordenadora da Comissão de Bioética, Biodireito e Biotecnologia da OAB/SP Subsecção de Ribeirão Preto; Ex-coordenadora da Comissão de Direito Médico e da Saúde da OAB/SP - Subsecção de Ribeirão Preto; Membro do Comitê de Ética em Pesquisa do Centro de Saúde Escola da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo FMRP-USP; Coordenadora da Comissão Jurídica da SBIOMAC - Sociedade Biomédica de Acupuntura; Pesquisadora do Grupo de Estudos e Pesquisas em Enfermagem, Saúde Global, Direito e Desenvolvimento GEPESADES/USP. Membro da World Association for Medical Law; Membro da Sociedade Brasileira de Bioética; Membro do IBCCRIM - Instituto Brasileiro de Ciências Criminais.

Docentes

Adilson Pereira

  Físico graduado na UNISA (Universidade de Santo Amaro – São Paulo). Perito Criminal desde 1987. Perito Criminal Classe Especial. Assessor Técnico da Diretoria Geral do Instituto de Criminalística de São Paulo (2000-2004 e de 2015 até hoje). Atuou em locais de crime por 14 anos. 7 ANOS - Diretor do Núcleo de Física do Instituto de Criminalística da Superintendência da Polícia Técnico Científica de São Paulo. 1 ANO - Diretor Geral dos Núcleos laboratoriais da Polícia Técnico-Científica de São Paulo; 2 ANOS - Diretor Geral do Instituto de Criminalística do Estado de São Paulo. Professor da Academia de Polícia de São Paulo/SP desde 2001 – Área Criminalística. Coordenador e Docente no IPEBJ. Professor de pós-graduação em Ciências Forenses nas seguintes instituições: Instituto Português de Psicologia e Outras Ciências, Porto/Portugal. IPEBJ - Instituto Paulista de Estudos Bioéticos e Jurídicos de Ribeirão Preto/SP desde 2010. UniFMU – Unidade Santo Amaro – São Paulo – Capital, desde 2013. Atua nas seguintes áreas da perícia e ensino (teoria e prática):Criminalística; Balística Forense; Física Forense. Levantamento Técnico de Local de Crime; Perícias em Acidentes de Trânsito; Noções e Perícias em explosivos; Análises e Coleta de Manchas e Impressões em Locais de Crimes. Especialização em Investigação Técnico Científica de Cenas de Crime em Geral (2009) e em Cenas de Crimes de Homicídio em 2011, CSI (Crime Scene Investigator) pelo Lake Tecnical Center, Institute of Public Safety, Florida, USA. Agraciado com as seguintes medalhas: Medalha do Mérito Técnico Cientifico “Governador Mario Covas” pelos trabalhos técnicos realizados na Polícia Cientifica de São Paulo; Medalha 9 de Julho outorgado por serviços prestados a cultura, serviços humanitários, trabalhos sociais, a arte em geral e à Democracia e ao Estado de São Paulo; Medalha Constitucionalista serviços relevantes prestados à São Paulo e ao culto aos ideais cívicos e patrióticos atrelados ao movimento da Revolução Constitucionalista de 1932; Medalha de bronze da Academia de Polícia do Estado de São Paulo, pelos 10 anos de trabalho acadêmico (bronze 10 anos, prata 20 anos e ouro 30 anos); Medalha do Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo pelo apoio técnico científico à corporação. 

Aline Lobato Costa

·         Doutora e mestre em Psicologia Investigativa pela Universidade de Liverpool-Inglaterra, ·         Professora efetiva e titular do Departamento de Psicologia e do Departamento de Direito, da Universidade Estadual da Paraíba-UEPB. ·         Coordenadora do Curso de Especialização em Inteligência Policial e Análise Criminal, convênio Ministério da Justiça-MJ/Secretaria de Segurança Pública da Paraíba/ACADEPOL-Paraíba/UEPB. ·         Coordenadora do Curso de Especialização em Direito Penal e Processual Penal e do curso de Especialização em Segurança Pública, convênio Ministério da Justiça-MJ/Secretaria de Segurança Pública da Paraíba/ACADEPOL-Paraíba/UEPB (ambos recém concluídos). ·         Professora de cursos de especialização da UEPB em Direito Penal; Segurança Pública; Perícia Criminal; Inteligência Policial e Análise Criminal. ·         Professora convidada do Curso de Especialização em Segurança Pública da Polícia Militar do Estado da Paraíba, João Pessoa-Paraíba. ·         Professora convidada do Curso de Especialização em Ciências Criminais do Centro de Educação Superior Reinaldo Ramos-CESREI, Campina Grande-Paraíba. ·         Professora convidada do Curso de Especialização em Psicologia Jurídica da Faculdade Integrada da Patos-FIP, Campina Grande-Paraíba. ·         Professora convidada do Curso de Especialização em Psicologia Jurídica e Inteligência Criminal do Instituto Nacional de Cursos-INCURSOS, Goiás. ·         Professora convidada do Curso de Especialização em Criminal Profiling do Instituto Paulista de Estudos Biomédicos e Jurídicos-IPEBJ, Ribeirão Preto-SP. ·         Presidente da Diretoria Regional Nordeste da Associação Brasileira de Psicologia Jurídica. ·         Professora ministrante de vários cursos para a Polícia Civil, Polícia Militar, Polícia Federal, Escola de Magistratura, Fóruns Criminais e Universidades, na área de Análise da Cena do Crime e do Perfil dos Criminosos; Comportamento Criminal; Técnicas de Investigação; Técnicas de Entrevistas com Testemunhas, Vítimas e Suspeitos; Geografia do Crime; Criminal Profiling, Psicologia Investigativa. ·         Palestrante em congressos e simpósios nacionais e internacionais. ·         Única brasileira com mestrado e doutorado em Investigative Psychology (Psicologia Investigativa).

Ana Paula de Souza Velloso

Mestrado em Ciências pelo Departamento de Patologia e Medicina Legal da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo USP (2012). Graduada em Biomedicina pelo Centro Universitário Barão de Mauá (2006). Tem experiência na área de Biomedicina, com ênfase em Patologia Clínica (Análises Clínicas). Experiência na área de Medicina Legal e Bioética, com ênfase em Antropologia Forense, Ciências forenses e Identificação Humana. Docente das disciplinas Medicina Legal e de Biodireito no curso de Bacharelado em Direito da Universidade Paulista - UNIP Campus II São José do Rio Pardo, atuando tambem no mesmo campus como Docente e Coordenadora do Curso de Bacharelado em Biomedicina. Atua como Técnica em Necrópsia no Serviço de Verificação de Óbitos (SOV) da Prefeitura de Mococa - SP. Em junho de 2012 passou a integrar o Grupo de Trabalho do Araguaia (GTA) da Comissão de Mortos e Desaparecidos Políticos do Governo Federal, ligado à Comissão da Verdade. Desenvolve trabalho de campo em escavações, para busca de ossadas de desaparecidos da Guerrilha do Araguaia (1972-1974) com o objetivo de identificação. Atuação como Perita em Antropologia Forense, nas atividades das Expedições do Grupo de Trabalho Araguaia (GTA), regulamentado pela Portaria Interministerial MJ/MD/SDH-PR nº 1.102 de 05 de junho de 2012, que tem por objetivo coordenar e executar conforme padrões de metodologia científica adequada as atividades necessárias para localização, recolhimento e devolução dos restos mortais dos desaparecidos políticos da Guerrilha do Araguaia aos seus familiares. A Participação nas atividades do Grupo de Trabalho Araguaia constitui serviço público relevante.

Antonio Jose Eça

Possui graduação em Medicina pela Faculdade de Medicina da Fundação do ABC (1974), com formação pelo Manicômio Judiciário do Estado (1975-1978), especialização em Psiquiatria pela Associação Brasileira de Psiquiatria (1981), e Mestrado em Psicologia pela Universidade São Marcos (1998). Atualmente é diretor médico do CAS - Centro de Atualização em Saúde, professor de cursos de graduação e pós graduação em Psicopatologia Forense, Medicina Legal e Criminologia, e tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Psiquiatria Forense e Psicoterapia. Atua como perito e assistente técnico em varas Criminais, Cíveis e de Família.

Coordenação

Emanuele Seicenti de Brito

Felipe de Martino Pousada Gomez

Fernando Cesar Crnkovic

Bacharel (Atribuições Tecnológicas) pelo Instituto de Física e Química de São Carlos (IFQSC-USP); Mestre em Ciências (área de concentração: Físico-Química) pelo IFQSC-USP; Doutor em Ciências (área de concentração: Físico-Química) pelo Instituto de Química de São Carlos (IQSC-USP); Perito Criminal desde 2002, formado pela Academia de Polícia do Estado de São Paulo.

Fernando de Jesus Souza

Habilitação Básica em Química, Bacharel em Ciências Contábeis e Psicólogo. Perito Criminal Federal - Classe Especial Área Contábil (Aposentado). Ex-Coordenador de Ensino e Coordenador de Altos Estudos de Segurança Pública da Academia Nacional de Polícia. Pós-graduado em Auditoria Contábil, Inteligência Estratégica, Gerenciamento de Projetos pela FGV/Brasília e em Gerenciamento Estratégico pela Universidade da Califórnia do Sul. Cursos de investigação pelo Drug Enforcement Administration, FBI, ILEA, CICAD/OEA e EUROPOL. MBA em Gestão Empresarial pela FGV/ESUP-Goiânia. Doutor (com louvor) em Psicologia Social e Básica pela Universidade de Santiago de Compostela – Espanha. Bolsista do Governo Britânico, estágio de Pós-doutorado na Universidade de Liverpool – Inglaterra. Pós-doutor em Ciências Jurídicas e Garantias Constitucionais pela Universidad Nacional de La Matanza (Argentina).  Palestrante, escritor, possui dez publicações, tem artigos publicados em congressos, encontros e revistas técnicas. Possui curso de Investigação de Tráfico de Pessoas pela Internacional Law Enforcement Academy – ILEA foi colaborador na formulação da Política Nacional sobre Tráfico de Seres Humanos e do Manual de Tráfico de Pessoas para Fins de Exploração Sexual da OIT/ONU.

Fernando Paluan

Graduação de Bacharel em Ciências Militares, pela Academia Militar das Agulhas Negras ; AMAN; Pós-Graduação Stricto Sensu com o Grau de Mestre em Operações Militares; Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais, Rio de Janeiro; Especialista em Observação Aérea, Escola de Instrução Especializada, Rio de Janeiro; Curso de Procedimentos de Inteligência Aplicados à Área Militar, Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Recursos Humanos, Subsecretaria de Inteligência, Presidência da República, Brasília-DF; Curso de Combate com Facas, Instituto de Tática Defensiva, ISIS; Curso de Tiro Tático nível I e II, “Gun Sight”; Segurança de Autoridades e Proteção VIP, nível I e II, “Gun Sight”; Sniper Militar, “Gun Sight” Ações Táticas Especiais, “Gun Sight”; Curso de Resgate, Polícia Militar-Corpo de Bombeiros, Jundiaí; [CEMEL], há três anos ministra instrução aos alunos do 4 ano de medicina sobre armas de fogo, poder de parada e efeito de tiros no corpo humano, principalmente com armas de guerra; Faculdades Barão de Mauá], ministrou aula sobre balística forense. Docente convidado do IPEBJ - Instituto Paulista de Estudos Bioéticos e Jurídicos desde 2008.

Gilvan Silva Ferreira

Bacharel em Direito e Psicólogo. Especialização em Metodologia do Ensino Superior. Inspetor de Polícia, lotado na Divisão de Homicídios do Rio de Janeiro (desde 1996). Atua no Serviço de Estudos Comportamentais da Divisão de Homicídios da Polícia Civil do Rio de Janeiro e é um dos responsáveis por interrogatórios de vítimas, testemunhas e criminosos. Formado em Interrogatório pelo FBI. Palestrante e Instrutor de cursos de formação de Inspetor de Polícia Civil, Investigador Policial, Perito Criminal, Perito Legista, Auxiliar de Necropsia, Oficial de Cartório, Piloto Policial, Delegado de Polícia, Papiloscopista, Curso Superior de Polícia Integrado, Formação de Instrutores de Armamento e Tiro, Analistas da Seção de Inteligência Policial (SIP) - I CAPIP/ SIP Básico, Formalização dos atos de pol. Judiciária; Segurança de Dignitários; CEGECOM, Curso de Especialização e Gestão para Comissários de Polícia  – ACADEPOL – 2009 - 2017. Instrutor para o Curso de Perícias do Exército Brasileiro - EB - 2014 - 2016. Docente convidado do IPEBJ.        

Guilherme Ortolan Junior

Possui doutorado pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (1974). Atualmente, é professor titular de Medicina Legal da Faculdade de Direito do Centro Universitário Moura Lacerda e é professor convidado do Curso de Bioética da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Exerce a profissão de oftalmologia e é Bacharel em Direito.

Hermes de Freitas Barbosa

Graduado em Medicina (1997) pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FMRP-USP), realizou mestrado e doutorado em Ginecologia e Obstetrícia na Universidade de São Paulo. Graduado em Direito pela Universidade Paulista (2008), Atualmente é professor doutor (MS-3) da FMRP-USP, no Departamento de Patologia e Medicina Legal. Desenvolve ensino, pesquisa e extensão em Bioética, Deontologia e Medicina Legal. Desde 2003 é membro colaborador da Comissão de Bioética, Biodireito e Biotecnologia da - Ordem dos Advogados do Brasil - seccional Ribeirão Preto. Atualmente é membro do Comitê de Ética em Pesquisa do Hospital das Clínicas da FMRP-USP.

Isamara Geandra Cavalcanti Caputo

Cirurgiã-Dentista, graduada em Odontologia pela Universidade de Ribeirão Preto - UNAERP (1995). Especialista em Odontologia Legal e Deontologia pela FOP/UNICAMP (2007), Mestre em Odontologia Legal e Deontologia pela FOP/UNICAMP (2009). Doutora em Clínica Médica pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - FMRP-USP (2014); Professora do Curso Atualização em Cirurgia Buco-Maxilo-Facial, e dos cursos de especialização em Ortodontia, Endodontia, Dentística, Implatodontia na Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas seccional de Ribeirão Preto ministrando aulas de Odontologia Legal, Ética, Legislação e Metodologia. Professora dos cursos de especialização em Direito Médico e da Saúde e Ciências Forenses do Instituto Paulista de Estudos Bioéticos e Jurídicos - IPEBJ. Coordenadora do Curso de Ciências Forenses do Instituto Paulista de Estudos Bioéticos e Jurídicos - IPEBJ. Perita Colaboradora do Centro de Medicina Legal da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (CEMEL). Diretora do Departamento de Odontologia Legal (DOL/APCD-RP) da Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas, seccional Ribeirão Preto. Tem experiência na área de Odontologia, com ênfase em Odontologia Legal e Deontologia, atua como perita "ad hoc" e assistente técnica na área de odontologia.

Jafesson dos Anjos do Amor

Graduado em Medicina pela Universidade Federal da Bahia em 1995. Residência em Psiquiatria pelo Hospital Das Clínicas de Ribeirão Preto e Faculdade de Medicina Da Universidade de São Paulo em janeiro de 1999. Especialista em Psiquiatria pela Associação Médica Brasileira e Associação Brasileira de Psiquiatria em 1999 e em Psiquiatria Forense em 2004. MBA em Gestão de Saúde pela Fundação Getúlio Vargas em abril de 2001. Psiquiatra Forense credenciado pela Direção Regional De Saúde XIII Ribeirão Preto desde outubro 1998. Psiquiatra Forense credenciado pela Justiça Federal de Ribeirão Preto desde 2000. Médico Psiquiatra do Hospital Santa Tereza de Ribeirão Preto desde setembro 1999 e desde junho de 2015 como Diretor Técnico do Hospital. Professor convidado do IPEBJ desde 2008.

Jeniffer Sati Pereira

Bióloga. Doutora em Ciências Biológicas (Biologia Vegetal), Mestre em Aquicultura e Pesca. FORMAÇÃO: Programa de Pós-graduação stricto sensu em Ciência Biológicas: Biologia Vegetal: UNESP – Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” campus Rio Claro curso de doutorado. Tese defendida em 01 de Julho de 2013. Título da tese: Estrutura e dinâmica da comunidade Fitoplanctônica no período de cinco anos em ambiente oligo-mesotrófico (Lago das Ninfeias), Parque Estadual das Fontes do Ipiranga, São Paulo. 2006 – 2008: Programa de Pós-graduação stricto sensu em Aqüicultura e Pesca – Instituto de Pesca São Paulo – SP Mestre em Aqüicultura e Pesca Dissertação defendida em 11 de Julho de 2008. Título da dissertação: Avaliação do impacto do efluente de piscicultura sobre o corpo receptor. 2002 – 2006: Universidade Presbiteriana Mackenzie. São Paulo - SP Bacharel em Ciências: Universidade Presbiteriana Mackenzie. São Paulo - SP Licenciado em Ciências. Diplomada. ÁREA DE ATUAÇÃO Limnologia, Comunidade Fitoplanctônica, Diversidade Alfa, Beta e Gama (índices biológicos), Aquicultura, Biologia Vegetal. ATIVIDADE PROFISSIONAL/ COORDENAÇÃO E DOCÊNCIA: Coordenadora do Laboratório de Ecologia Aquática do Núcleo de Pesquisa em Ecologia do Instituto de Botânica, São Paulo – SP- Brasil, carga horária de 20h mensais: monitora na disciplina “Ambientes aquáticos continentais” no curso de PÓS-GRADUAÇÃO EM BIODIVERSIDADE VEGETAL E MEIO AMBIENTE DO INSTITUTO DE BOTÂNICA, São Paulo- SP- Brasil, carga horária: 90 horas: monitora na disciplina “Ecossistemas aquáticos continentais: caracterização física e química da água (IPP 005)” no curso de PÓS-GRADUAÇÃO EM AQÜICULTURA E PESCA DO INSTITUTO DE PESCA, São Paulo- SP – Brasil. Carga horária: 60 horas. Professora de Japonês da Aliança Cultural Brasil Japão.

Leonardo Ferreira Faria

Psicólogo, Mestrando em Ciências Criminológicas-Forenses, Especialista em Neuropsicologia, Criminologia e Psicologia Jurídica. Psicólogo Criminal da Polícia Técnico-Científica do Estado de Goiás. Coordenador Nacional do Curso de Pós-Graduação em Avaliação Psicológica, e de Perícia Criminal/Ciências Forenses do grupo DALMASS.  Professor na Academia da Polícia Militar do Estado de Goiás (Curso de Formação de Oficiais, Especialização em Altos Estudos em Segurança Pública e Curso de Negociador Policial). Professor de disciplinas, Supervisor de Estágio e Orientador de TCC do Curso de Pós-Graduação do IPEBJ-SP, PUC-GO, IPEBJ-SP, NEPNEURO-GO, Escola Superior de Magistratura do Estado de Goiás e Acadepol-Paraíba. Realiza consultoria em temas de Neurociência e Criminologia. Autor e escritor de artigos científicos e capítulos de livros, com temas em Neurociências e Criminologia. Membro sócio da Sociedade Brasileira de Neuropsicologia. Diretor Financeiro da Associação Brasileira de Psicologia Jurídica.

Marco Aurélio Guimarães

Graduado em Medicina pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo / FMRP-USP (1993), mestrado(1996) e doutorado(2000) pelo Departamento de Fisiologia da FMRP-USP. Docente do Departamento de Patologia e Medicina Legal da FMRP-USP desde 1998.Pós-doutorado em Identificação Humana na University of Sheffield - UK (2002). Atua nas áreas de Medicina Legal e Bioética. Desenvolve pesquisas na área de identificação humana, com enfoque em Antropologia Forense, sendo responsável pelo Laboratório de Antropologia Forense do Centro de Medicina Legal (CEMEL) da FMRP-USP. Atua nos cursos de Medicina, Fisioterapia e Terapia Ocupacional, Nutrição, Fonoaudiologia, Informática Biomédica, Odontologia e Direito. Orientador pleno do Programa de Pós-graduação do Departamento de Patologia e Medicina Legal da FMRP-USP. É membro da Câmara Técnica de Bioética do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (CREMESP) e da Comissão de Bioética, Biodireito e Biotencologia da OAB Ribeirão Preto. Tornou-se Professor Associado (MSS) com Livre-Docência em Antropologia Forense em 2014 pelo Departamento de Patologia e Medicina Legal da FMRP-USP. Diretor do Serviço de Verificação de Óbitos do Interior (SVOI) a partir de 2014.  

Margaret Mitiko Inada Pereira

  Perita Criminal Classe Especial. Biomédica com Especialização nível Pós-graduação em Biologia Molecular aplicada às área humana, animal e vegetal. Perita Criminal desde 1988, sendo que exerceu a função como perita de campo (local de crime) na cidade de Itanhaém e da Equipe de Perícias Criminalísticas CENTRO da capital/SP. Em 2001 passou a fazer parte da equipe de peritos do laboratório de DNA do Núcleo de Biologia e Bioquímica, realizando especificamente confronto de DNA genômico para pesquisa de ocorrência de vínculo genético na área criminal. Especialista em Investigação Técnico Científica da Cena de Crime – CSI (Crime Scene Investigator) – especialização em homicídio (2011) pelo Lake Tecnical Center, Institute of Public Safety, Florida, USA.  Participou do grupo de trabalho, na Superintendência da Polícia Técnico Científica de São Paulo, para padronização de procedimento referente a casos de violência sexual. Coordenadora e Professora de Ciências Forenses, desde 2010 (Local de Crime, DNA Forense, Biologia Forense)  no IPEBJ – Instituto Paulista de Estudos Bioéticos e Jurídicos – Ribeirão Preto – São Paulo. Atuou nas perícias dos seguintes casos: acidente do "Airbus da Tam" no aeroporto de Congonhas/SP 2007; irmãos João Vitor e Igor dos Santos Rodrigues, homicídio, Ribeirão Pires/SP 2008; Mércia Nakashima, homicídio, Guarulhos/SP 2010; crianças Nicole Mayra da Silva Nogueira e Maiara Natalie da Silva Homicídio, Sorocaba/SP, 2011; Vitor Gurman, atropelamento fatal, Land Rover, Zona Oeste, Capital /SP, 2011; Bianca Consoli, homicídio, Zona Leste, Capital/SP, 2001. Homenagem e Reconhecimento do Sistema FIESP pelos Serviços Prestados quando do acidente do Voo 3054 Airbus da TAM. Prêmio Polícia Cidadã do Instituto Sou da Paz – Ação Vencedora: O Exame de DNA como Ferramenta na Elucidação de Crimes e na Identificação de Pessoas. Prêmio Top Gun – CSI Homicide – Orlando USA - 2011.  Agraciada com a medalha do Mérito Técnico Científico "Governador Mário Covas" pelos trabalhos técnicos realizados na Polícia Científica de São Paulo. 

Mônica Azzariti

Fonoaudióloga com título de Especialista em voz concedido pelo Conselho Federal de Fonoaudiologia. Pós graduada em Linguística. Pós graduada em Segurança Pública. Mestrado em Análise do Discurso. Perita cadastrada no Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro. Instrutora do BOPE - Unidade de Intervenção Tática - GNA (Grupo de Negociação e Análise). Instrutora da Coordenadoria de Polícia Pacificadora. Coordenadora e docente do IPEBJ. Membro e Pesquisadora FSI Brasil. Membro especialista do American College of Forensic Examiners Institute. Atuante na área de segurança pública desde 2005.

Mônica Resende Gamboa

Pós graduanda em Criminologia e Psicologia Jurídica no IPEBJ. Graduada em Direito pela Universidade Paulista (2003). Especialista em Direito Público com ênfase em Direito Penal pela Escola Paulista de Direito (2007). Aprovada em Exame de Ordem (2004). Delegada de Polícia do Estado de São Paulo em exercício na Corregedoria Geral da Polícia Civil (2007). Professora de Criminologia concursada na Academia de Polícia do Estado de São Paulo. Professora de Criminologia e Direito Constitucional em cursos preparatórios para Concursos. Experiência no magistério jurídico nas disciplinas de Criminologia e Direito Constitucional tendo lecionado: RCD, Êxito Proordem, Central de Concursos e Damásio de Jesus. Autora das obras: Criminologia para Polícia Civil, 5ª edição, editora Degrau Cultural (2008) ; Questões Comentadas de Criminologia - Série Concursos Públicos, 2ª edição, editora Método (2013) ; Vademecum para Polícia Civil (em coautoria), 2ª edição, editora RT. Professora convidada na ESA - OAB/SP e Instituto de Medicina Oscar Freire. Palestrante de Criminologia e de Técnicas de estudo para concursos.

Pedro Alfredo Velazco Cruz

Psicólogo, Especialista en Diseño de Perfiles Criminológicos e Investigador de La Escena del Crimen. Investigación de casos, instructor y catedrático socio fundador da La Academia Mexicana de Investigadores Forenses. Director de La División de Criminología, Análisis Conductual Perfilación Criminal. Maestria en Investigación Criminal na Universidad de Occidentes Extesión Antonio Beristaín Ciudad de Guatemala. Esspecialidad en Diseño de Perfiles Psicológicos Ctiminológicos - Instituto de ESpecialidade de La Escuela Superior de Psicología. Formación Institucional:  Curso de Formación para peritos - Procuraduría de Justicia del Gobierno del Estado de Chihuahua. Licenciado en Psicología Escuela Superior de Psicología. Perito oficial desde abril del año 2005 en La Procuraduría de Justicia del Estado (Hoy Fiscalía General), asignado al área de criminalística de campo en La Investigación Forense de homicídios. Iniciador del Proyeto Perfiles Criminales en  el año 2008, Creador en el año 2010 y actual coordinador del Proyeto Unidad de Análisis de La Conducta Criminal en el Laboratório Forense de Ciudad Juárez en el año 2008 realiza de manera oficial el primer perfil criminal en un caso de homicidio.  Experiencia en casos de investigación de homicidios, violaciones en serie, homicidios sexuales y análisis del patrón de conducta en la escena del crimen. Designado como perito en las áreas de criminalística de campo, perfil criminal, análisis de la escena del crimen, victimologia y conexión de casos sexuales  (Análisis del modus operandi, firma en la conducta criminal y motivación de la conducta criminal). RECONOCIMIENTO DE ORGANIZACIÓN PROFESIONALES. 2011- presente    certificado como perfilador criminal por el colegio mexicano de ciencias forenses. 2011- presente   socio distinguido  del colegio de criminólogos y criminalista de Guatemala. 2012- presente   miembro de la sociedad de ciencias forenses en baja california. 2012- presente   miembro de la academia de perfilacion conductual de estados unidos. 2012- presente   miembro de la asociación internacional de criminólogos forenses. 2013- presente   socio fundador de la academia mexicana de investigadores forenses. TRABAJOS PUBLICADOS 2009  LIBRO PSICÓPATAS  “SEMILLAS DEL MAL”             LIBRO UNIVERSITARIO, EDITORIAL OTRA CARA, ESCUELA SUPERIOR DE  PSICOLOGÍA 2009  CO-AUTOR MANUAL DE PSICOLOGÍA CRIMINAL Y CRIMINALÍSTICA           LIBRO UNIVERSITARIO, EDITORIAL OTRA CARA, ESCUELA SUPERIOR DE PSICOLOGÍA 2010  LIBRO LA PSICOPATOLOGÍA DEL HOMICIDIO           LIBRO UNIVERSITARIO, EDITORIAL OTRA CARA, ESCUELA SUPERIOR DE PSICOLOGÍA 2010   ensayo “el psicólogo en la escena del crimen” (portal electrónico criminalística.com.mx) 2011   ensayo “narco psicopatologías” (portal electrónico criminalística.com.mx) 2011   ensayo “perfilador perfilado”  (portal electrónico criminalística.com.mx)  2011   ensayo “la conducta detrás del crimen” (portal electrónico criminalística.com.mx) 2011   ensayo “principio de compensación psicopatológica”    

Raquel Barbosa Cintra

Residência médica em Medicina Legal pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP), especialista em Medicina Legal e Perícias Médicas pela Associação Médica Brasileira (AMB), Mestre em Bioética pelo Centro Universitário São Camilo, ex-médica legista do Estado de São Paulo (exonerada a pedido), Professora Colaboradora do Curso de Especialização em Medicina Legal e Perícia Médica da FMUSP, Professora de Anatomia Humana e Medicina Legal da Universidade de Mogi das Cruzes, Professora Coordenadora da Liga Acadêmica de Medicina Legal e Bioética da Faculdade de Medicina da Universidade de Mogi das Cruzes, sócia fundadora da empresa ZCF - Zerbini, Cintra e Fuzinato Perícias Médicas  

Rubens Correia Junior

  Mestre em Ciências pela USP/Ribeirão Preto - Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto/ Centro Colaborador da OMS para o desenvolvimento de pesquisa em enfermagem. Área: Enfermagem Psiquiátrica. Linha de pesquisa: Promoção de saúde mental / Estudos sobre a conduta, a ética e a produção do saber em saúde. Possui graduação em Direito pela Universidade de Uberaba (2004). Especialista em Direito Penal e Processual Penal pela Universidade de Franca e especialista em CRIMINOLOGIA pela PUC/MINAS(2008/2009). Atualmente é professor de graduação nas áreas de Direito público com Ênfase em Penal e Constitucional. Professor de Criminologia e Homicidas em série, Criminologia, legislação penal especial, crimes tributários (dentre outras disciplinas) em pós-graduações pelo Brasil como PUC/BH, UNIT/SE, UNIUBE/MG, IPEBJ/SP. Coordenador e docente do IPEBJ/SP. Pesquisador do Grupo de Estudos e Pesquisas em Enfermagem, Saúde Global, Direito e Desenvolvimento GEPESADES/USP. Membro da comissão de Direitos Humanos da OAB/MG. 

Rui Mateus Joaquim

 Doutorando do laboratório de neuropsicologia pelo programa de Pós- Graduação em Ciências da Reabilitação do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais da Universidade de São Paulo (USP) Bauru- SP. Mestre em psicologia do desenvolvimento e aprendizagem pelo Programa de Pós-graduação da Faculdade de Ciências da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP) Bauru - SP. Graduado em psicologia (bacharelado e formação de psicólogo) pela Faculdade da Fundação Educacional de Araçatuba (FEA). Docente de Análise Experimental do Comportamento e Avaliação Psicológica da Universidade do Sagrado Coração / Bauru –SP. Docente convidado do IPEBJ. Possui experiência como assistente técnico na área de psicologia jurídica, professor universitário e psicólogo clínico atuando nas áreas de terapia cognitivo-comportamental e neuropsicologia. É pesquisador nas áreas de comunicação não verbal do comportamento e neurociência cognitiva.

Tânia Konvalina Simas

Estudou Psicologia e Aconselhamento Psicológico na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto e em 2000 completou a Pós-graduação em Ciências Forenses no Instituto de Medicina Legal do Porto. Deixou Portugal fixando-se em Londres onde fez o Mestrado em Psicoterapia Integrativa no Regent's College School of Psychotherapy and Counselling. Durante os oito anos que viveu no Reino Unido, trabalhou como psicoterapeuta (consultório privado) e como psicóloga clínica destacando-se o trabalho que realizou na comunidade terapêutica -Ashley Road Day Centre- um projecto da ONG Islington MIND onde trabalhou com doentes psiquiátricos crónicos. De regresso a Portugal em 2008, enveredou pelo ensino académico no Instituto Superior da Maia-ISMAI, onde lecciona como professora convidada na licenciatura em Criminologia, no Departamento de Ciências Sociais e do Comportamento. Sendo ainda responsável pelas unidades curriculares de Biopsicossociologia do Comportamento Desviante e de Perfis Psicológicos em Criminologia. É também investigadora na Unidade de Investigação em Criminologia e Ciências do Comportamento, da mesma instituição (UICCC/ISMAI). Tem desenvolvido as suas investigações, produção científica e docência nas áreas dos Comportamentos Desviantes, Análise Comportamental no Contexto Investigativo, Psicopatia e Psicodinâmicas do Crime Violento. É professora convidada do Instituto Paulista de Estudos Bioéticos e Jurídicos (Brasil) leccionando na Pós-graduação em Profiling Criminal e Psicologia Investigativa. É ainda preletora em formações em eventos de instituições variadas como são o Instituto Português de Piscologia (Pós-graduação em Investigação Criminal e workshops) e o Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar da Universidade do Porto(Mestrado em Medicina Legal). Em 2012 publicou os manuais académicos Introdução à Biopsicossociologia do Comportamento Desviante e Profiling Criminal: introdução à análise comportamental no contexto investigativo. Ainda em 2012 tornou-se membro da International Association of Forensic Criminologists Em 2013 fundou Profiling Criminal - Formação e Consultoria começando a trabalhar na área da Criminologia Forense, sob a orientação do Professor Doutor Brent E. Turvey. Actualmente encontra-se a fazer o Doutoramento em Criminologia e Investigação Socio-Legal, mais especificamente sobre os aspectos éticos e legais da avaliação da psicopatia no contexto forense, com o Departamento de Sociologia e de Criminologia da Universidade de Essex no Reino Unido. É também membro do Conselho Consultivo da APC-Associação Portuguesa de Criminologia. Coordenadora e docente do IPEBJ. Membro do FSI Brasil.

Vlamir de Jesus Sandei

Graduação em Direito e Mestrado em Direito Penal pela Universidade Metodista de Piracicaba – UNIMEP  Especialização em Direito Penal pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas – PUCCAMP Foi Delegado de Polícia do Estado de São Paulo. Professor concursado de Criminologia da Academia de Polícia do Estado de São Paulo. Professor de Direito Processual Penal da Faculdade de Direito da UNIESP. Professor de Criminologia convidado da pós-graduação no curso de especialização de Medicina Legal do Departamento de Medicina Legal da Faculdade de Medicina da USP; Professor de Vitimologia na pós-graduação do IPEBJ – Instituto Paulista de Estudos Bioéticos e Jurídicos de Ribeirão Preto – SP. Advogado. Publicações: Criminalidade oculta e estatística criminal. Fatores sociais desencadeantes do crime de homicídio.  

Palestrantes Convidados

Hermes de Freitas Barbosa

Graduado em Medicina (1997) pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FMRP-USP), realizou mestrado e doutorado em Ginecologia e Obstetrícia na Universidade de São Paulo. Graduado em Direito pela Universidade Paulista (2008), Atualmente é professor doutor (MS-3) da FMRP-USP, no Departamento de Patologia e Medicina Legal. Desenvolve ensino, pesquisa e extensão em Bioética, Deontologia e Medicina Legal. Desde 2003 é membro colaborador da Comissão de Bioética, Biodireito e Biotecnologia da - Ordem dos Advogados do Brasil - seccional Ribeirão Preto. Atualmente é membro do Comitê de Ética em Pesquisa do Hospital das Clínicas da FMRP-USP.

Curriculo Lattes

Marco Aurélio Guimarães

Graduado em Medicina pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo / FMRP-USP (1993), mestrado(1996) e doutorado(2000) pelo Departamento de Fisiologia da FMRP-USP. Docente do Departamento de Patologia e Medicina Legal da FMRP-USP desde 1998.Pós-doutorado em Identificação Humana na University of Sheffield - UK (2002). Atua nas áreas de Medicina Legal e Bioética. Desenvolve pesquisas na área de identificação humana, com enfoque em Antropologia Forense, sendo responsável pelo Laboratório de Antropologia Forense do Centro de Medicina Legal (CEMEL) da FMRP-USP. Atua nos cursos de Medicina, Fisioterapia e Terapia Ocupacional, Nutrição, Fonoaudiologia, Informática Biomédica, Odontologia e Direito. Orientador pleno do Programa de Pós-graduação do Departamento de Patologia e Medicina Legal da FMRP-USP. É membro da Câmara Técnica de Bioética do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (CREMESP) e da Comissão de Bioética, Biodireito e Biotencologia da OAB Ribeirão Preto. Tornou-se Professor Associado (MSS) com Livre-Docência em Antropologia Forense em 2014 pelo Departamento de Patologia e Medicina Legal da FMRP-USP. Diretor do Serviço de Verificação de Óbitos do Interior (SVOI) a partir de 2014.  

Curriculo Lattes

 

Você tem interesse em realizar este curso futuramente? Faça seu cadastro.

Dados Pessoais

Endereço Residencial

Dados Acadêmicos

Sim Não





Sim Não



 

Formulário de Matrícula

 

Obs.: Campos com asterisco (*) são obrigatórios.


Ribeirão Preto - SP

 

Dados Pessoais

Endereço Residencial

Endereço Comercial

Dados Acadêmicos

Sim Não





Sim Não



Currículo ou Link do Lattes: (*)

Intenções profissionais e pessoais (*)










FSI Brasil - Forensic Sciences Investigation: Primeira Unidade Privada de Estudo, Pesquisa e Extensão Investigativa com atuação na grande Área Forense no Brasil. Oferecendo os serviços de Pesquisa, Assistência Técnica (Perícia), Consultoria e Treinamentos, o FSI Brasil conta com laboratórios multidisciplinares em Ciências Forenses, Ciências Sociais Aplicada e Ciências Comportamentais

- Saiba Mais

Brazilian Journal Of Forensic Sciences, Medical Law and Bioethics: O Brazilian Journal of Forensic Sciences - BJFS, única revista na América Latina com essa abrangência, tem como objetivo divulgar e valorizar a produção científica em ciências forenses , direito médico, odontológico e da saúde e bioética, expondo as novas tecnologias e metodologias empregadas em diversas situações, incentivando a interação multidisciplinar no campo dessas ciências.

- Saiba Mais