Análise De Seio Frontal Para Uso Em Identificação Humana

Authors

  • Isamara Geandra Cavalcanti Caputo
  • Felippe Bevilacqua Prado
  • Valdair Francisco Muglia

DOI:

https://doi.org/10.17063/bjfs5(1)y201542

Keywords:

Human Identification, Computarodized Tomograph, Frontal Sinus, Identificação Humana, Tomografia Computadorizada, Seios Frontais

Abstract

Identificação é o conjunto de procedimentos diversos para individualizar uma pessoa ou objeto1. A observação do padrão dos seios frontais é uma técnica utilizada para estabelecer a identificação de uma pessoa. As variações em tamanho, forma, simetria, bordas externas, presença e número de septos e células são únicos para cada indivíduo, sendo comparados através de radiografias de face antes e após a morte com a finalidade de equiparação e uma correta identificação do indivíduo2. Entretanto, existem poucos estudos na literatura sobre o uso da tomografia computadorizada para esta finalidade, bem como uma padronização adequada de suas características para possível arquivamento e posterior levantamento. Foi realizado um estudo retrospectivo, onde foram realizadas aferições métricas e volumétricas em exames tomográficos nos três planos anatômicos. Tais medidas foram correlacionadas com sexo e idade, a fim de, estabelecer a influência destes no seio frontal. Para o estudo foram utilizados exames realizados previamente, sendo 49,8% feminino e 50,2% masculino, com idades de 7 a 66 anos. Encontramos 21,18% de agenesia, com maior incidência para o sexo feminino. O sexo masculino apresentou as maiores medidas e em relação à idade, não foi estabelecida influência nas aferições realizadas.

Published

2015-12-31

How to Cite

Isamara Geandra Cavalcanti Caputo, Felippe Bevilacqua Prado, & Valdair Francisco Muglia. (2015). Análise De Seio Frontal Para Uso Em Identificação Humana. Brazilian Journal of Forensic Sciences, Medical Law and Bioethics, 5(1), 42–52. https://doi.org/10.17063/bjfs5(1)y201542

Issue

Section

Original Article