Impressões Papilares Podem Revelar Mais do que a Identidade de seus Autores

Authors

  • Carlos Magno Alves Girelli

DOI:

https://doi.org/10.17063/bjfs5(1)y201528

Keywords:

Dermatoglyphics, Dermatoglifia, Authorship, Autoria, Information, Informação, Innovation, Inovação, Creativity, Criatividade

Abstract

Impressões papilares são marcas únicas capazes de individualizar e exercem relevante papel na identificação de pessoas para diversos fins. Na esfera criminal, a análise minuciosa dessas marcas pode revelar não apenas a identidade de seu autor, mas também informações adicionais que podem ser úteis na elucidação dos fatos e na persecução criminal. A exploração dessas informações adicionais não é uma prática comum entre os peritos em identificação forense e os currículos dos cursos de formação profissional da área não contemplam tais possibilidades, restringindo-se à busca pela autoria. O objetivo deste trabalho é alertar os praticantes de ciências forenses quanto à diversidade de informações que podem ser obtidas de impressões papilares, além da identificação da autoria. O método que orienta o artigo consiste em pesquisa bibliográfica e apresentação de exemplos pertinentes à discussão, bem como estudo de um caso real. Como forma de ilustrar a metodologia que deve ser utilizada na análise de impressões papilares e os detalhes intrínsecos e extrínsecos das impressões que devem ser considerados, foi realizado um experimento simples, onde impressões digitais foram coletadas de forma sistemática visando gerar imagens idênticas. Todas as impressões obtidas apresentaram discordâncias suficientes para se afirmar que não se tratavam de cópias de uma mesma imagem, mas sim de impressões originadas de uma mesma fonte através de coletas distintas. Praticantes de ciências forenses devem estar atentos a isso e agir com iniciativa, criatividade e inovação para explorar por completo esta fonte de dados.

Published

2015-12-30

How to Cite

Carlos Magno Alves Girelli. (2015). Impressões Papilares Podem Revelar Mais do que a Identidade de seus Autores. Brazilian Journal of Forensic Sciences, Medical Law and Bioethics, 5(1), 28–41. https://doi.org/10.17063/bjfs5(1)y201528

Issue

Section

Original Article