Os Modos de Vida Constituídos pelo Homicida: um Estudo de Caso

Authors

  • Lorrâny Ferreira
  • Gilmar Antoniassi Júnior
  • Gema Glagani da Fonseca
  • Raquel Gonçalves da Fonseca
  • Fernanda do Valle Corrêa Ramos

DOI:

https://doi.org/10.17063/bjfs4(3)y2015316

Keywords:

Ways of life, Formas de vida, Social bounds, Laços sociais, Responsibility, Responsabilidade, Killer., Homicida.

Abstract

Devido ao desaparecimento do sujeito homicida após o cumprimento da sentença, resta a interrogação sobre os efeitos que o dispositivo jurídico teve sobre suas vidas e o tipo de inclusão social. Partindo de um estudo sobre como se constitui o sujeito e como são criados os laços sociais e as formas de vida, além de abordar a responsabilidade. O que pode levar uma significação em relação à punição, é possível articular novos modos de resposta. Este estudo pretende identificar as formas de vínculo social e modos vida constituídos pelo homicida após o cumprimento da pena. O instrumento de coleta de dados constituiu-se de entrevista semiestruturada de orientação psicanalítica, gravada e transcrita, realizada somente com um sujeito atentando aos princípios éticos da pesquisa. A entrevista foi realizada na Clínica Escola de Psicologia. Os resultados apontam para o declínio da imagem paterna, o que trouxe consequências diversas, entre elas a desconstrução dos ideais que ajudam no temperamento da agressividade e da tensão próprias dos seres humanos, provocando uma vacilação na identificação do sujeito. Porém, o uso do trabalho, família e religião, como sistemas simbólicos oferecidos pela cultura, para se sustentar frente a esse real sem lei e se orientar na vida afastou do crime. O que contribuiu para que fosse segregado do convívio social após o cumprimento de sua pena. O judiciário vem sendo convocado a exercer a função simbólica do pai, por meio da aplicabilidade de penas, a fim de conter o prazer desenfreado que a contemporaneidade apresenta. Espera-se que o sistema judiciário zele ?por um pai? garantidor da consistência e da completude, tarefa impossível de se cumprir, e favoreça em ações que sujeito possa se arranjar na vida com outros enlaçamentos.

Published

2015-05-05

How to Cite

Lorrâny Ferreira, Gilmar Antoniassi Júnior, Gema Glagani da Fonseca, Raquel Gonçalves da Fonseca, & Fernanda do Valle Corrêa Ramos. (2015). Os Modos de Vida Constituídos pelo Homicida: um Estudo de Caso. Brazilian Journal of Forensic Sciences, Medical Law and Bioethics, 4(3), 316–331. https://doi.org/10.17063/bjfs4(3)y2015316