Perfil Químico Dos Compostos Orgânicos Voláteis (Cov) Encontrados Em Inalantes Apreendidos No Carnaval Da Bahia

Authors

  • Ricardo Leal Cunha
  • Celinalva Da Silva Lima Oliveira

DOI:

https://doi.org/10.17063/bjfs5(3)y2016328

Keywords:

Volatie organic components, Componentes orgânicos voláteis, Drug of abuse, Droga de abuso, Carnival, Carnaval

Abstract

A ampla disponibilidade e o baixo custo de Compostos Orgânicos Voláteis (COV) têm contribuído para o aumento do uso recreacional dessas substâncias em festas populares no Brasil. Nos últimos cinco anos, o consumo da droga popularmente conhecida como “lança-perfume” tornou-se crescente no Carnaval da Bahia. Diante desse cenário, somente em 2015 foram apreendidas pela polícia local durante o carnaval em Salvador, 61 ampolas de vidro contendo líquidos voláteis, em um período de cinco dias de festa. Após as análises das amostras de “lança-perfume” apreendidas, foram identificados 11 diferentes COVs, com a predominância de compostos halogenados (clorofluorcarbonos), especialmente o diclorofluorometano (HCFC 21) que estava presente em 18% das amostras analisadas e não é uma substância proscrita de acordo com a Portaria nº 344/98 SVS/MS.

Published

2016-06-29

How to Cite

Ricardo Leal Cunha, & Celinalva Da Silva Lima Oliveira. (2016). Perfil Químico Dos Compostos Orgânicos Voláteis (Cov) Encontrados Em Inalantes Apreendidos No Carnaval Da Bahia. Brazilian Journal of Forensic Sciences, Medical Law and Bioethics, 5(3), 328–334. https://doi.org/10.17063/bjfs5(3)y2016328

Issue

Section

Original Article