Leitura dos Desenhos de um Serial Killer: Um Relato de Experiência

Authors

  • Graciela Ormezzano
  • Liane Zart de Arruda
  • Patrícia Carla Barazetti

DOI:

https://doi.org/10.17063/bjfs6(4)y2017581

Keywords:

Antisocial Personality Disorder, Homicídio, Homicide, Transtorno da Personalidade Antissocial, Sexual Violence, Violência sexual

Abstract

O texto apresenta o resultado do primeiro Laudo Arteterapêutico Jurídico do Brasil realizado a partir da leitura de desenhos de um serial killer. O objetivo deste artigo é relatar a experiência da entrevista realizada com o acusado e a leitura dos desenhos encontrados em sua pose no momento da detenção, para fins de auxiliar na interpretação e elaboração do laudo, propiciando entendimentos em relação à história de vida do sujeito e suas conflitivas, auxiliando na compreensão do magistrado sobre o processo em questão. O relato se refere a um brasileiro, adulto jovem, solteiro, sexo masculino, atualmente preso por homicídios de crianças e adolescentes, ocultação de cadáveres e, em alguns casos, violência sexual post-mortem. Procura-se mostrar os significados dos sete desenhos que fizeram parte do processo judicial e que cobram importância ao trazer à tona conteúdos internos do assassino. A avaliação dos desenhos foi feita mediante duas leituras, uma do próprio acusado que referiu gostar de desenhar, outra pela Leitura Transtextual Singular de Imagens (ORMEZZANO, 2009). Pode-se observar na leitura dos desenhos sinais de um sujeito sem capacidade de empatia, com sintomas de psicopatia havendo repetida manifestação de uma negação dos conteúdos inconscientes, levando-o por diversas vezes à um comportamento ambíguo que ora ocupa o papel de vítima, ora ocupa o papel de algoz. Nesse sentido, esta experiência pode contribuir de modo relevante para as múltiplas áreas que realizam interfaces nas ciências forenses e de saúde mental.

Published

2017-08-25

How to Cite

Graciela Ormezzano, Liane Zart de Arruda, & Patrícia Carla Barazetti. (2017). Leitura dos Desenhos de um Serial Killer: Um Relato de Experiência. Brazilian Journal of Forensic Sciences, Medical Law and Bioethics, 6(4), 581–598. https://doi.org/10.17063/bjfs6(4)y2017581