Estudo Retrospectivo das Ocorrências de Crimes Contra a Fauna Atendidos pela Policia Militar Ambiental do Estado de São Paulo, 2012 – 2015

Authors

  • Raissa Marques Beck
  • Servio Túlio Jacinto Reis
  • Noeme Sousa Rocha

DOI:

https://doi.org/10.17063/bjfs6(3)y2017453

Keywords:

Veterinary forensics, Medicina veterinária legal, Crimes against fauna, Crimes contra a Fauna, Animal trafficking, Tráfico de animais, Environment., Meio ambiente.

Abstract

O tráfico de animais é uma constante preocupação ambiental. Tendo em vista a dificuldade enfrentada pelas polícias e agências ambientais em impedir essa modalidade delituosa, tornam-se prementes os esforços das autoridades mundiais, mediante trabalhos de inteligência, análises de dados e estudos científicos, para o estabelecimento de novas políticas de combate. O Brasil, por ser detentor de uma grande parcela da biodiversidade mundial, associado a fatores socioculturais locais, se tornou um dos protagonistas no cenário mundial do tráfico de animais. A rede de tráfico em intensa mutabilidade dificulta a fiscalização e eficiência das estratégias utilizadas pelas polícias, sendo extremamente necessário o estudo constante dos dados gerados pelas ocorrências em busca de uma identidade do tráfico de animais. O presente trabalho resultou de uma parceria com a Polícia Militar Ambiental do Estado de São Paulo e, a partir da análise dos bancos de dados da instituição, apresenta um estudo retrospectivo das ocorrências de crimes contra a fauna no estado de São Paulo nos anos de 2012 a 2015, fundamentado nos preceitos da criminalística, visando fomentar futuras diretrizes de combate ao tráfico de animais no estado de São Paulo e no Brasil.

Published

2017-06-25

How to Cite

Raissa Marques Beck, Servio Túlio Jacinto Reis, & Noeme Sousa Rocha. (2017). Estudo Retrospectivo das Ocorrências de Crimes Contra a Fauna Atendidos pela Policia Militar Ambiental do Estado de São Paulo, 2012 – 2015. Brazilian Journal of Forensic Sciences, Medical Law and Bioethics, 6(3), 453–466. https://doi.org/10.17063/bjfs6(3)y2017453

Issue

Section

Original Article