Análise Comparativa dos Óbitos de Médicos e Advogados Periciados no IML-BH no Período de 2006 a 2012

Authors

  • Polyanna Helena Coelho Bordoni
  • Ana Cláudia de Assis Capanema Braga
  • João Paulo Silva Vieira
  • Marcela Teixeira Laender
  • Sillas Mourão Pinto
  • Leonardo Santos Bordoni

DOI:

https://doi.org/10.17063/bjfs6(2)y2017258

Keywords:

Autopsy, Necropsia, External causes, Causas externas, Physicians, Médicos, Lawyers, Advogados, Forensic Medicine, Medicina legal

Abstract

As causas externas apresentam distribuição desigual entre diferentes grupos populacionais. Esta pesquisa buscou verificar se há diferença nos óbitos por causas externas entre médicos e advogados, profissões de um mesmo grupo socioeconômico. Foi realizado um estudo transversal dos laudos de necropsias realizadas em médicos e advogados no IML-BH no período de 2006 a 2012. Foram analisados 107 laudos, sendo 39 de médicos (36%) e 68 de advogados (64%). Em ambos os grupos houve predominância de indivíduos do sexo masculino, com idade superior a 49 anos e a maioria vivia sozinha. As principais circunstâncias dos óbitos nos dois grupos foram acidentes de trânsito, suicídio e homicídio, nesta ordem de prevalência. Como não houve diferença estatística na maioria das variáveis analisadas e o poder do estudo foi inferior a 80%, não foi possível com os dados avaliados afirmar diferenças nos óbitos por causas externas entre as duas ocupações. Apesar deste estudo não apresentar poder suficiente para demonstrar associação entre a circunstância do óbito e a profissão, sua relevância encontra-se na descrição do perfil epidemiológico destes profissionais em relação às mortes por causas externas. O seu conhecimento pode orientar ações preventivas em relação a essa causa de mortalidade, contribuindo para medidas de saúde pública.

Published

2017-03-18

How to Cite

Polyanna Helena Coelho Bordoni, Ana Cláudia de Assis Capanema Braga, João Paulo Silva Vieira, Marcela Teixeira Laender, Sillas Mourão Pinto, & Leonardo Santos Bordoni. (2017). Análise Comparativa dos Óbitos de Médicos e Advogados Periciados no IML-BH no Período de 2006 a 2012. Brazilian Journal of Forensic Sciences, Medical Law and Bioethics, 6(2), 258–275. https://doi.org/10.17063/bjfs6(2)y2017258

Issue

Section

Original Article