Identificação Papiloscópica em Cadáveres Carbonizados – Considerações Médico Legais e a Importância da Integração Pericial

Authors

  • Aldeir José da Silva
  • Fernando Carvalho dos Santos
  • Marcelo Mari de Castro
  • Polyanna Helena Coelho Bordoni
  • Leonardo Santos Bordoni

DOI:

https://doi.org/10.17063/bjfs7(3)y2018205

Keywords:

Forensic Anthropology, Antropologia forense, Identification, Identificação, Fingerprints, Impressões digitais, Carbonized remains, Carbonização, autopsy, Autopsia, Forensic Medicine, Medicina legal

Abstract

A Antropologia Forense é o ramo pericial no qual há a aplicação dos conhecimentos da antropologia física ao contexto médico legal. Quando o material a ser periciado envolve corpos carbonizados (CC), o conhecimento antropológico forense será essencial nesta análise. Perícias realizadas em CC apresentam grandes dificuldades técnicas, pois a destruição de partes do corpo pode prejudicar a análise antropológica, bem como a identificação do material periciado. Neste trabalho são apresentados dois casos de vítimas de colisões automobilísticas envolvendo os principais aspectos técnicos da autopsia de CC, com ênfase na integração entre os conhecimentos médico legais e datiloscópicos. Nos casos relatados a análise antropológica conseguiu determinar os sexos e estimar as idades ósseas. Em um deles a causa médica da morte permaneceu indeterminada e no outro foi estabelecida como politraumatismo contuso. As mãos direitas apresentavam os dedos fletidos, o que preservou parcialmente as respectivas polpas digitais da ação térmica. As técnicas utilizadas no preparo das luvas epidérmicas manuais permitiram a obtenção de adequadas impressões digitais reveladas, que ao serem comparadas com impressões padrão identificaram ambos os corpos. Os dois casos destacam a importância do trabalho integrado entre diversas áreas de conhecimento para a análise forense de CC e sua identificação.

Published

2018-05-25

How to Cite

Aldeir José da Silva, Fernando Carvalho dos Santos, Marcelo Mari de Castro, Polyanna Helena Coelho Bordoni, & Leonardo Santos Bordoni. (2018). Identificação Papiloscópica em Cadáveres Carbonizados – Considerações Médico Legais e a Importância da Integração Pericial. Brazilian Journal of Forensic Sciences, Medical Law and Bioethics, 7(3), 205–222. https://doi.org/10.17063/bjfs7(3)y2018205