Uma Marca Volpe Miele
CONTATO
Enfermagem Forense: Cuidado e Justiça
  • Local:Ribeirão Preto - SP
  • Horário:Sexta-feira: 18 às 23h e Sábado: 8 às 18h (Um final de semana por mês)
  • Duração:24 Meses
  • Matrículas Abertas até:27/06/2019
  • Certificação: Curso Reconhecido pelo MEC

Tem interesse futuro nesse curso?


Ficou com alguma dúvida?


0
1

Apresentação

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENFERMAGEM FORENSE: CUIDADO E JUSTIÇA

CERTIFICAÇÃO: 
Curso de Especialização reconhecido pelo MEC.

INÍCIO DAS AULAS:
Data: 05/07/2019
Local: Ribeirão Preto / SP -  Sede do IPEBJ - Av. Senador César Vergueiro, 505

APRESENTAÇÃO
A Enfermagem Forense é a área de especialização que une o trabalho do Enfermeiro às questões da Justiça, seja em casos de crimes, seja em casos jurídicos atinentes a outras áreas. Está inserida no amplo campo das Ciências Forenses, como carreira regulamentadas pelo COFEN - Conselho Federal de Enfermagem, envolvendo competências biopsicossociais específicas, abrangendo atenção à saúde, saúde coletiva, cuidado clínico, e outros tópicos ligados às necessidades de saúde de vítimas e ofensores em casos criminais, pessoas com transtornos mentais e casos de danos físicos em situações cíveis. 

O Curso de Especialização em Enfermagem Forense, do IPEBJ, foi concebido conforme as diretrizes da Resolução COFEN 556/2017, abrangendo, portanto, a capacitação para as seguintes áreas de Enfermagem Forense reconhecidas no Brasil: 
- Violência Sexual 
- Sistema Prisional 
- Psiquiátrica 
- Perícia, Assistência Técnica e Consultoria 
- Coleta, recolha e preservação de vestígios 
- Pós-Morte 
- Desastre em massa, missões humanitárias e catástrofes 
- Maus tratos, traumas e outras formas de violência nos diversos ciclos da vida. 

Apenas a título de exemplo, algumas das competências específicas do Enfermeiro Forense são, entre outras: 
- Proceder à coleta de informações pertinentes através de fotos e documentação escrita, elaborar relatórios e pareceres que contribuam para a atuação do Poder Judiciário; 
- Interagir com os sobreviventes e familiares, e providenciar auxílio no processo de luto, ao longo da investigação da morte após desastres em massa, catástrofes e missões humanitárias; 
- Participar da recuperação de vítimas mortas ou despojos, reconhecendo cenários de risco de morte e deterioração da saúde; 
- Cumprir protocolos de atuação ou guidelines existentes na prestação de cuidados forenses legalmente instituídos; 
- Executar o programa de intervenção planejado e adaptado às necessidades da população atingida em desastres em massa, catástrofes e missões humanitárias.

 


O IPEBJ
Referência Nacional e a mais tradicional Instituição do setor, há mais de 20 anos a família “Volpe Miele” trabalha na grande Área Forense e desde de 2006 oferece através do IPEBJ, formação, capacitação, pesquisa, extensão, desenvolvimento, consultoria e assessoria.

Para quem se destina?

O Curso de Especialização em Enfermagem Forense destina-se exclusivamente a Bacharéis em Enfermagem que desejam se especializar e desenvolver carreira na área. É importante lembrar que a atuação na área de Enfermagem Forense exige, obrigatoriamente, especialização na área, conforme a Resolução COFEN 556/2017. Desta forma, o Enfermeiro Forense é, necessariamente um Bacharel em Enfermagem especializado em Enfermagem Forense.

Objetivos do curso

MERCADO DE TRABALHO
Enfermeiro Forense é responsável por unir cuidado e justiça, utilizando conhecimentos de Enfermagem e Ciências Forenses, de maneira interdisciplinar. É o profissional que traz um olhar mais humano focalizado na atenção às necessidades de todas as pessoas envolvidas em situações de crime e violência. É uma peça extremamente importante no cenário da busca da Justiça.

Com a especialização em Enfermagem Forense, você poderá:
- Seguir carreira de Enfermeiro Forense, de acordo com as normas do COFEN;
- Atuar na área de Enfermagem Forense em instituições públicas com acesso mediante concurso público, como por exemplo o concurso de Perito Criminal (que em muitos estados aceita a formação em Enfermagem como comprovação de formação em nível superior);
- Compor liderança em instituições públicas e privadas de saúde que lidam com atenção a vítimas e ofensores em casos criminais, aplicando conhecimentos forenses no âmbito da atenção e cuidado de Enfermagem;
- Atuar como perito particular/assistente técnico em demandas judiciais, no campo da perícia em Enfermagem Forense;
- Compor quadros internacionais de pesquisa e ativismo, em questões de saúde global na área de Enfermagem Forense.
- Seguir carreira acadêmica, buscando ingressar em mestrado ou doutorado.
- Atuar como professor em cursos de pós-graduação, extensão e aperfeiçoamento.

OBJETIVOS
Gerais
Capacitar os enfermeiros com conhecimento que lhes permita uma melhor compreensão do processo de vitimização e suas consequências, visando o atendimento/ acolhimento e apoio de urgência às vítimas de crime violento, visando diminuir as consequências do dano pós-traumático e, se possível, preveni-lo.

Específicos
- Integrar os conhecimentos da investigação científica e do tratamento do trauma violento e criminoso, nos cuidados de saúde prestados pelos enfermeiros;
- Utilizar os conhecimentos adquiridos sobre o atendimento à vítimas de violência (vivas ou mortas), agindo como um perito, cujas habilidades técnicas e conhecimentos teóricos contribuem para a investigação criminal em caso de trauma e violência;
- Integrar uma prática fundamentada na abordagem à vítima, que preserve e proteja os vestígios com relevância médico-legal, identificar sinais de abuso e negligência e que permita o apoio emocional das pessoas alvo de crime ou violência de carácter sexual ou de outra natureza;
- Aprofundar conhecimentos que lhe permita aplicar as habilidades técnicas forenses nos serviços de saúde, escolas e saúde ocupacional, reconhecendo as necessidades de intervenção junto às vítimas e possa possuir requisitos úteis no âmbito da peritagem e consultoria judicial.

Informações adicionais

*O IPEBJ reserva-se no direito de não iniciar a turma caso o número mínimo de alunos não seja atingido. Neste caso, o valor da primeira parcela paga será devolvido integralmente. 
ETAPAS DO PROCESSO SELETIVO: 
- Preenchimento da solicitação de matrícula e envio do currículo pelo aluno
- Avaliação das informações do aluno pela instituição
- Entrevista pessoal, caso seja solicitada pela coordenação
- Feedback de aprovação ou reprovação enviado para o email do aluno
- Após confirmação de aprovação, o aluno deverá efetuar o pagamento do boleto bancário já gerado. 
Após a conclusão dessa etapa, enviar pessoalmente ou via correio:
Relação de Documentos Obrigatórios:
Requerimento de matrícula preenchido e assinado. (Clique aqui para fazer o download do requimento).
Documento comprobatório de associação do aluno à Instituição conveniada, para concessão de desconto no Curso
Atestado de Antecedentes Criminais.

Duas cópias autenticadas de:
Diploma de Graduação, devidamente registrado, obtido em curso superior reconhecido pelo Ministério da Educação, ou Certificado de Conclusão de Curso.
Histórico Escolar do Curso de Graduação.

Duas cópias simples de:
Certidão de nascimento ou de casamento
CPF - Cartão de Inscrição na Receita Federal
RG - Cédula de Identidade ou Registro Nacional de Estrangeiro
Carteira de Reservista
Título de Eleitor
Comprovante de Residência
*Obs: Carteira de habilitação e carteira de registro profissional não serão aceitos como RG e CPF
02 fotos 3x4 recentes e coloridas

3 (três) vias do Contrato de Prestação de Serviços Educacionais (disponibilizado na Área Restrita)

Caso aprovado no processo seletivo, o Contrato de Prestação de Serviços Educacionais será disponibilizado na Área Restrita, no prazo de até 3 (três) dias úteis, que deverá ser assinado e rubricado em 3 (três) vias, e devolvido ao IPEBJ via correio, dentro de período estabelecido para as matrículas. No primeiro dia de aula, o aluno receberá sua via do contrato. A entrega dos documentos pessoais e do Contrato de Prestação de Serviços Educacionais são obrigatórios para confirmação da matrícula.

Coordenadores

Adilson Pereira

Físico graduado na UNISA (Universidade de Santo Amaro – São Paulo). Perito Criminal desde 1987. Perito Criminal Classe Especial. Assessor Técnico da Diretoria Geral do Instituto de Criminalística de São Paulo (2000-2004 e de 2015 até hoje). Atuou em locais de crime por 14 anos. 7 ANOS - Diretor do Núcleo de Física do Instituto de Criminalística da Superintendência da Polícia Técnico Científica de São Paulo. 1 ANO - Diretor Geral dos Núcleos laboratoriais da Polícia Técnico-Científica de São Paulo; 2 ANOS - Diretor Geral do Instituto de Criminalística do Estado de São Paulo. Professor da Academia de Polícia de São Paulo/SP desde 2001 – Área Criminalística. Coordenador e Docente no IPEBJ. Professor de pós-graduação em Ciências Forenses nas seguintes instituições: Instituto Português de Psicologia e Outras Ciências, Porto/Portugal. IPEBJ - Instituto Paulista de Estudos Bioéticos e Jurídicos de Ribeirão Preto/SP desde 2010. UniFMU – Unidade Santo Amaro – São Paulo – Capital, desde 2013. Atua nas seguintes áreas da perícia e ensino (teoria e prática):Criminalística; Balística Forense; Física Forense. Levantamento Técnico de Local de Crime; Perícias em Acidentes de Trânsito; Noções e Perícias em explosivos; Análises e Coleta de Manchas e Impressões em Locais de Crimes. Especialização em Investigação Técnico Científica de Cenas de Crime em Geral (2009) e em Cenas de Crimes de Homicídio em 2011, CSI (Crime Scene Investigator) pelo Lake Tecnical Center, Institute of Public Safety, Florida, USA. Agraciado com as seguintes medalhas: Medalha do Mérito Técnico Cientifico “Governador Mario Covas” pelos trabalhos técnicos realizados na Polícia Cientifica de São Paulo; Medalha 9 de Julho outorgado por serviços prestados a cultura, serviços humanitários, trabalhos sociais, a arte em geral e à Democracia e ao Estado de São Paulo; Medalha Constitucionalista serviços relevantes prestados à São Paulo e ao culto aos ideais cívicos e patrióticos atrelados ao movimento da Revolução Constitucionalista de 1932; Medalha de bronze da Academia de Polícia do Estado de São Paulo, pelos 10 anos de trabalho acadêmico (bronze 10 anos, prata 20 anos e ouro 30 anos); Medalha do Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo pelo apoio técnico científico à corporação. 

Gustavo D'Andrea

Advogado. Doutor em Ciências Enfermagem Psiquiátrica, EERP-USP). Mestre em Ciências (Psicologia, FFCLRP-USP). Graduado em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade de Ribeirão Preto. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Enfermagem, Saúde Global, Direito e Desenvolvimento (GEPESADES).

Jeniffer Sati Pereira

Bióloga. Doutora em Ciências Biológicas (Biologia Vegetal), Mestre em Aquicultura e Pesca. FORMAÇÃO: Programa de Pós-graduação stricto sensu em Ciência Biológicas: Biologia Vegetal: UNESP – Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” campus Rio Claro curso de doutorado. Tese defendida em 01 de Julho de 2013. Título da tese: Estrutura e dinâmica da comunidade Fitoplanctônica no período de cinco anos em ambiente oligo-mesotrófico (Lago das Ninfeias), Parque Estadual das Fontes do Ipiranga, São Paulo. 2006 – 2008: Programa de Pós-graduação stricto sensu em Aqüicultura e Pesca – Instituto de Pesca São Paulo – SP Mestre em Aqüicultura e Pesca Dissertação defendida em 11 de Julho de 2008. Título da dissertação: Avaliação do impacto do efluente de piscicultura sobre o corpo receptor. 2002 – 2006: Universidade Presbiteriana Mackenzie. São Paulo - SP Bacharel em Ciências: Universidade Presbiteriana Mackenzie. São Paulo - SP Licenciado em Ciências. Diplomada. ÁREA DE ATUAÇÃO Limnologia, Comunidade Fitoplanctônica, Diversidade Alfa, Beta e Gama (índices biológicos), Aquicultura, Biologia Vegetal. ATIVIDADE PROFISSIONAL/ COORDENAÇÃO E DOCÊNCIA: Coordenadora do Laboratório de Ecologia Aquática do Núcleo de Pesquisa em Ecologia do Instituto de Botânica, São Paulo – SP- Brasil, carga horária de 20h mensais: monitora na disciplina “Ambientes aquáticos continentais” no curso de PÓS-GRADUAÇÃO EM BIODIVERSIDADE VEGETAL E MEIO AMBIENTE DO INSTITUTO DE BOTÂNICA, São Paulo- SP- Brasil, carga horária: 90 horas: monitora na disciplina “Ecossistemas aquáticos continentais: caracterização física e química da água (IPP 005)” no curso de PÓS-GRADUAÇÃO EM AQÜICULTURA E PESCA DO INSTITUTO DE PESCA, São Paulo- SP – Brasil. Carga horária: 60 horas. Professora de Japonês da Aliança Cultural Brasil Japão.

Margaret Mitiko Inada Pereira

  Perita Criminal Classe Especial. Biomédica com Especialização nível Pós-graduação em Biologia Molecular aplicada às área humana, animal e vegetal. Perita Criminal desde 1988, sendo que exerceu a função como perita de campo (local de crime) na cidade de Itanhaém e da Equipe de Perícias Criminalísticas CENTRO da capital/SP. Em 2001 passou a fazer parte da equipe de peritos do laboratório de DNA do Núcleo de Biologia e Bioquímica, realizando especificamente confronto de DNA genômico para pesquisa de ocorrência de vínculo genético na área criminal. Especialista em Investigação Técnico Científica da Cena de Crime – CSI (Crime Scene Investigator) – especialização em homicídio (2011) pelo Lake Tecnical Center, Institute of Public Safety, Florida, USA.  Participou do grupo de trabalho, na Superintendência da Polícia Técnico Científica de São Paulo, para padronização de procedimento referente a casos de violência sexual. Coordenadora e Professora de Ciências Forenses, desde 2010 (Local de Crime, DNA Forense, Biologia Forense)  no IPEBJ – Instituto Paulista de Estudos Bioéticos e Jurídicos – Ribeirão Preto – São Paulo. Atuou nas perícias dos seguintes casos: acidente do "Airbus da Tam" no aeroporto de Congonhas/SP 2007; irmãos João Vitor e Igor dos Santos Rodrigues, homicídio, Ribeirão Pires/SP 2008; Mércia Nakashima, homicídio, Guarulhos/SP 2010; crianças Nicole Mayra da Silva Nogueira e Maiara Natalie da Silva Homicídio, Sorocaba/SP, 2011; Vitor Gurman, atropelamento fatal, Land Rover, Zona Oeste, Capital /SP, 2011; Bianca Consoli, homicídio, Zona Leste, Capital/SP, 2001. Homenagem e Reconhecimento do Sistema FIESP pelos Serviços Prestados quando do acidente do Voo 3054 Airbus da TAM. Prêmio Polícia Cidadã do Instituto Sou da Paz – Ação Vencedora: O Exame de DNA como Ferramenta na Elucidação de Crimes e na Identificação de Pessoas. Prêmio Top Gun – CSI Homicide – Orlando USA - 2011.  Agraciada com a medalha do Mérito Técnico Científico "Governador Mário Covas" pelos trabalhos técnicos realizados na Polícia Científica de São Paulo. 

Tânia Mara Volpe Miele

Especialização em Bioéitca pela Universidade Federal de Lavras, UFLA, Brasil. Bacharel em Ciências Biológicas Modalidade Médica pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras Barão de Mauá (1980) com habilitação em Patologia Clínica e Análises Clínicas; Possui graduação em Direito pela Universidade de Ribeirão Preto, SP (1997) com habilitação em Direito Privado; Especialista em Direito Médico, odontológico e da Saúde; Especialista em Ciências Forenses; Pós graduanda em Criminologia e Pós graduanda em Criminal Profiling; Sócia fundadora e diretora do IPEBJ - Instituto Paulista de Estudos Bioéticos e Jurídicos, editor responsável pela revista científica eletrônica Brazilian Journal of Forensic Sciences, Medical Law and Bioethics; Coordenadora Geral dos projetos de extensão e pós-graduação do IPEBJ Educacional; Idealizadora e coordenadora do FSI Brasil - Forensic Science Investigation - Unidade Privada de Estudo, Pesquisa e Extensão Investigativa na área Forense; Coordenadora da Comissão de Perícias Forenses da OAB/SP - Subsecção de Ribeirão Preto; Coordenadora da Comissão de Bioética, Biodireito e Biotecnologia da OAB/SP Subsecção de Ribeirão Preto; Ex-coordenadora da Comissão de Direito Médico e da Saúde da OAB/SP - Subsecção de Ribeirão Preto; Membro do Comitê de Ética em Pesquisa do Centro de Saúde Escola da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo FMRP-USP; Coordenadora da Comissão Jurídica da SBIOMAC - Sociedade Biomédica de Acupuntura; Pesquisadora do Grupo de Estudos e Pesquisas em Enfermagem, Saúde Global, Direito e Desenvolvimento GEPESADES/USP. Membro da World Association for Medical Law; Membro da Sociedade Brasileira de Bioética; Membro do IBCCRIM - Instituto Brasileiro de Ciências Criminais.

Docentes

Adilson Pereira

Físico graduado na UNISA (Universidade de Santo Amaro – São Paulo). Perito Criminal desde 1987. Perito Criminal Classe Especial. Assessor Técnico da Diretoria Geral do Instituto de Criminalística de São Paulo (2000-2004 e de 2015 até hoje). Atuou em locais de crime por 14 anos. 7 ANOS - Diretor do Núcleo de Física do Instituto de Criminalística da Superintendência da Polícia Técnico Científica de São Paulo. 1 ANO - Diretor Geral dos Núcleos laboratoriais da Polícia Técnico-Científica de São Paulo; 2 ANOS - Diretor Geral do Instituto de Criminalística do Estado de São Paulo. Professor da Academia de Polícia de São Paulo/SP desde 2001 – Área Criminalística. Coordenador e Docente no IPEBJ. Professor de pós-graduação em Ciências Forenses nas seguintes instituições: Instituto Português de Psicologia e Outras Ciências, Porto/Portugal. IPEBJ - Instituto Paulista de Estudos Bioéticos e Jurídicos de Ribeirão Preto/SP desde 2010. UniFMU – Unidade Santo Amaro – São Paulo – Capital, desde 2013. Atua nas seguintes áreas da perícia e ensino (teoria e prática):Criminalística; Balística Forense; Física Forense. Levantamento Técnico de Local de Crime; Perícias em Acidentes de Trânsito; Noções e Perícias em explosivos; Análises e Coleta de Manchas e Impressões em Locais de Crimes. Especialização em Investigação Técnico Científica de Cenas de Crime em Geral (2009) e em Cenas de Crimes de Homicídio em 2011, CSI (Crime Scene Investigator) pelo Lake Tecnical Center, Institute of Public Safety, Florida, USA. Agraciado com as seguintes medalhas: Medalha do Mérito Técnico Cientifico “Governador Mario Covas” pelos trabalhos técnicos realizados na Polícia Cientifica de São Paulo; Medalha 9 de Julho outorgado por serviços prestados a cultura, serviços humanitários, trabalhos sociais, a arte em geral e à Democracia e ao Estado de São Paulo; Medalha Constitucionalista serviços relevantes prestados à São Paulo e ao culto aos ideais cívicos e patrióticos atrelados ao movimento da Revolução Constitucionalista de 1932; Medalha de bronze da Academia de Polícia do Estado de São Paulo, pelos 10 anos de trabalho acadêmico (bronze 10 anos, prata 20 anos e ouro 30 anos); Medalha do Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo pelo apoio técnico científico à corporação. 

Ana Paula de Souza Velloso

Antropóloga Forense: ABRAF (Associação Brasileira de Antropologia Forense). Perita em Antropologia Forense do GTP (Grupo de Trabalho Perus) da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República em cooperação internacional com Programa Nacional das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD – ONU). Mestrado em Ciências pelo Departamento de Patologia e Medicina Legal da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo USP (2012). Graduada em Biomedicina pelo Centro Universitário Barão de Mauá (2006). Tem experiência na área de Biomedicina, com ênfase em Patologia Clínica (Análises Clínicas). Experiência na área de Medicina Legal e Bioética, com ênfase em Antropologia Forense, Ciências forenses e Identificação Humana. Docente das disciplinas Medicina Legal e de Biodireito no curso de Bacharelado em Direito da Universidade Paulista - UNIP Campus II São José do Rio Pardo, atuando tambem no mesmo campus como Docente e Coordenadora do Curso de Bacharelado em Biomedicina. Atua como Técnica em Necrópsia no Serviço de Verificação de Óbitos (SOV) da Prefeitura de Mococa - SP. Em junho de 2012 passou a integrar o Grupo de Trabalho do Araguaia (GTA) da Comissão de Mortos e Desaparecidos Políticos do Governo Federal, ligado à Comissão da Verdade. Desenvolve trabalho de campo em escavações, para busca de ossadas de desaparecidos da Guerrilha do Araguaia (1972-1974) com o objetivo de identificação. Atuação como Perita em Antropologia Forense, nas atividades das Expedições do Grupo de Trabalho Araguaia (GTA), regulamentado pela Portaria Interministerial MJ/MD/SDH-PR nº 1.102 de 05 de junho de 2012, que tem por objetivo coordenar e executar conforme padrões de metodologia científica adequada as atividades necessárias para localização, recolhimento e devolução dos restos mortais dos desaparecidos políticos da Guerrilha do Araguaia aos seus familiares. A Participação nas atividades do Grupo de Trabalho Araguaia constitui serviço público relevante.

Ariadne da Silva Fonseca

   

Cristina Marcia Wolf Evangelista

Daniel Pacheco Pontes

Possui graduação em Direito (2001) e curso de pós graduação estrito senso, doutorado em direito penal, pela Universidade de São Paulo (USP). Atualmente é professor doutor da Faculdade de Direito de Ribeirão Preto da USP. Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direito Penal, atuando principalmente nos seguintes temas: Direito Penal, Parte Geral; Teoria do Delito; Culpabilidade; Sanções Penais e Política Criminal.

Emanuele Seicenti de Brito

  Bacharel em Direito graduada pelo Centro Universitário Toledo de Araçatuba. Mestre e Doutora em Ciências pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo/Centro Colaborador da OMS para o desenvolvimento da pesquisa em enfermagem, período sanduíche na Universidade de Surrey (School of Law). Linha de pesquisa: Promoção de Saúde Mental/Estudos sobre a conduta, a ética e a produção do saber em saúde/Proteção Internacional dos Direitos Humanos/Direito à Saúde. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Enfermagem, Saúde Global, Direito e Desenvolvimento.

Gustavo D'Andrea

Advogado. Doutor em Ciências Enfermagem Psiquiátrica, EERP-USP). Mestre em Ciências (Psicologia, FFCLRP-USP). Graduado em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade de Ribeirão Preto. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Enfermagem, Saúde Global, Direito e Desenvolvimento (GEPESADES).

Hermes de Freitas Barbosa

Graduado em Medicina (1997) pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FMRP-USP), realizou mestrado e doutorado em Ginecologia e Obstetrícia na Universidade de São Paulo. Graduado em Direito pela Universidade Paulista (2008), Atualmente é professor doutor (MS-3) da FMRP-USP, no Departamento de Patologia e Medicina Legal. Desenvolve ensino, pesquisa e extensão em Bioética, Deontologia e Medicina Legal. Desde 2003 é membro colaborador da Comissão de Bioética, Biodireito e Biotecnologia da - Ordem dos Advogados do Brasil - seccional Ribeirão Preto. Atualmente é membro do Comitê de Ética em Pesquisa do Hospital das Clínicas da FMRP-USP.

Isamara Geandra Cavalcanti Caputo

Cirurgiã-Dentista, graduada em Odontologia pela Universidade de Ribeirão Preto - UNAERP (1995). Especialista em Odontologia Legal e Deontologia pela FOP/UNICAMP (2007), Mestre em Odontologia Legal e Deontologia pela FOP/UNICAMP (2009). Doutora em Clínica Médica pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - FMRP-USP (2014); Professora do Curso Atualização em Cirurgia Buco-Maxilo-Facial, e dos cursos de especialização em Ortodontia, Endodontia, Dentística, Implatodontia na Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas seccional de Ribeirão Preto ministrando aulas de Odontologia Legal, Ética, Legislação e Metodologia. Professora dos cursos de especialização em Direito Médico e da Saúde e Ciências Forenses do Instituto Paulista de Estudos Bioéticos e Jurídicos - IPEBJ. Coordenadora do Curso de Ciências Forenses do Instituto Paulista de Estudos Bioéticos e Jurídicos - IPEBJ. Perita Colaboradora do Centro de Medicina Legal da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (CEMEL). Diretora do Departamento de Odontologia Legal (DOL/APCD-RP) da Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas, seccional Ribeirão Preto. Tem experiência na área de Odontologia, com ênfase em Odontologia Legal e Deontologia, atua como perita "ad hoc" e assistente técnica na área de odontologia.

Jafesson dos Anjos do Amor

Graduado em Medicina pela Universidade Federal da Bahia em 1995. Residência em Psiquiatria pelo Hospital Das Clínicas de Ribeirão Preto e Faculdade de Medicina Da Universidade de São Paulo em janeiro de 1999. Especialista em Psiquiatria pela Associação Médica Brasileira e Associação Brasileira de Psiquiatria em 1999 e em Psiquiatria Forense em 2004. MBA em Gestão de Saúde pela Fundação Getúlio Vargas em abril de 2001. Psiquiatra Forense credenciado pela Direção Regional De Saúde XIII Ribeirão Preto desde outubro 1998. Psiquiatra Forense credenciado pela Justiça Federal de Ribeirão Preto desde 2000. Médico Psiquiatra do Hospital Santa Tereza de Ribeirão Preto desde setembro 1999 e desde junho de 2015 como Diretor Técnico do Hospital. Professor convidado do IPEBJ desde 2008.

Jeniffer Sati Pereira

Bióloga. Doutora em Ciências Biológicas (Biologia Vegetal), Mestre em Aquicultura e Pesca. FORMAÇÃO: Programa de Pós-graduação stricto sensu em Ciência Biológicas: Biologia Vegetal: UNESP – Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” campus Rio Claro curso de doutorado. Tese defendida em 01 de Julho de 2013. Título da tese: Estrutura e dinâmica da comunidade Fitoplanctônica no período de cinco anos em ambiente oligo-mesotrófico (Lago das Ninfeias), Parque Estadual das Fontes do Ipiranga, São Paulo. 2006 – 2008: Programa de Pós-graduação stricto sensu em Aqüicultura e Pesca – Instituto de Pesca São Paulo – SP Mestre em Aqüicultura e Pesca Dissertação defendida em 11 de Julho de 2008. Título da dissertação: Avaliação do impacto do efluente de piscicultura sobre o corpo receptor. 2002 – 2006: Universidade Presbiteriana Mackenzie. São Paulo - SP Bacharel em Ciências: Universidade Presbiteriana Mackenzie. São Paulo - SP Licenciado em Ciências. Diplomada. ÁREA DE ATUAÇÃO Limnologia, Comunidade Fitoplanctônica, Diversidade Alfa, Beta e Gama (índices biológicos), Aquicultura, Biologia Vegetal. ATIVIDADE PROFISSIONAL/ COORDENAÇÃO E DOCÊNCIA: Coordenadora do Laboratório de Ecologia Aquática do Núcleo de Pesquisa em Ecologia do Instituto de Botânica, São Paulo – SP- Brasil, carga horária de 20h mensais: monitora na disciplina “Ambientes aquáticos continentais” no curso de PÓS-GRADUAÇÃO EM BIODIVERSIDADE VEGETAL E MEIO AMBIENTE DO INSTITUTO DE BOTÂNICA, São Paulo- SP- Brasil, carga horária: 90 horas: monitora na disciplina “Ecossistemas aquáticos continentais: caracterização física e química da água (IPP 005)” no curso de PÓS-GRADUAÇÃO EM AQÜICULTURA E PESCA DO INSTITUTO DE PESCA, São Paulo- SP – Brasil. Carga horária: 60 horas. Professora de Japonês da Aliança Cultural Brasil Japão.

Leonardo Ferreira Faria

Psicólogo, Mestrando em Ciências Criminológicas-Forenses, Especialista em Neuropsicologia, Criminologia e Psicologia Jurídica. Psicólogo Criminal da Polícia Técnico-Científica do Estado de Goiás. Coordenador Nacional do Curso de Pós-Graduação em Avaliação Psicológica, e de Perícia Criminal/Ciências Forenses do grupo DALMASS.  Professor na Academia da Polícia Militar do Estado de Goiás (Curso de Formação de Oficiais, Especialização em Altos Estudos em Segurança Pública e Curso de Negociador Policial). Professor de disciplinas, Supervisor de Estágio e Orientador de TCC do Curso de Pós-Graduação do IPEBJ-SP, PUC-GO, IPEBJ-SP, NEPNEURO-GO, Escola Superior de Magistratura do Estado de Goiás e Acadepol-Paraíba. Realiza consultoria em temas de Neurociência e Criminologia. Autor e escritor de artigos científicos e capítulos de livros, com temas em Neurociências e Criminologia. Membro sócio da Sociedade Brasileira de Neuropsicologia. Diretor Financeiro da Associação Brasileira de Psicologia Jurídica.

Margaret Mitiko Inada Pereira

  Perita Criminal Classe Especial. Biomédica com Especialização nível Pós-graduação em Biologia Molecular aplicada às área humana, animal e vegetal. Perita Criminal desde 1988, sendo que exerceu a função como perita de campo (local de crime) na cidade de Itanhaém e da Equipe de Perícias Criminalísticas CENTRO da capital/SP. Em 2001 passou a fazer parte da equipe de peritos do laboratório de DNA do Núcleo de Biologia e Bioquímica, realizando especificamente confronto de DNA genômico para pesquisa de ocorrência de vínculo genético na área criminal. Especialista em Investigação Técnico Científica da Cena de Crime – CSI (Crime Scene Investigator) – especialização em homicídio (2011) pelo Lake Tecnical Center, Institute of Public Safety, Florida, USA.  Participou do grupo de trabalho, na Superintendência da Polícia Técnico Científica de São Paulo, para padronização de procedimento referente a casos de violência sexual. Coordenadora e Professora de Ciências Forenses, desde 2010 (Local de Crime, DNA Forense, Biologia Forense)  no IPEBJ – Instituto Paulista de Estudos Bioéticos e Jurídicos – Ribeirão Preto – São Paulo. Atuou nas perícias dos seguintes casos: acidente do "Airbus da Tam" no aeroporto de Congonhas/SP 2007; irmãos João Vitor e Igor dos Santos Rodrigues, homicídio, Ribeirão Pires/SP 2008; Mércia Nakashima, homicídio, Guarulhos/SP 2010; crianças Nicole Mayra da Silva Nogueira e Maiara Natalie da Silva Homicídio, Sorocaba/SP, 2011; Vitor Gurman, atropelamento fatal, Land Rover, Zona Oeste, Capital /SP, 2011; Bianca Consoli, homicídio, Zona Leste, Capital/SP, 2001. Homenagem e Reconhecimento do Sistema FIESP pelos Serviços Prestados quando do acidente do Voo 3054 Airbus da TAM. Prêmio Polícia Cidadã do Instituto Sou da Paz – Ação Vencedora: O Exame de DNA como Ferramenta na Elucidação de Crimes e na Identificação de Pessoas. Prêmio Top Gun – CSI Homicide – Orlando USA - 2011.  Agraciada com a medalha do Mérito Técnico Científico "Governador Mário Covas" pelos trabalhos técnicos realizados na Polícia Científica de São Paulo. 

Maria Luísa Casillo Jardim Maran

Psicóloga, Mestre e Doutora em Psicologia pela FFCLRP-USP. Especialista em Psicoterapia Psicanalítica pelo Instituto de Psicologia (USP/SP). Docente do Centro Universitário Municipal de Franca (UNIFACEF), da Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP) e do Centro Universitário Barão de Mauá, ministrando disciplinas e estágios nas áreas de Avaliação Psicológica, Orientação Vocacional e Psicanálise. Docente no curso de Pós-graduação em Psicopedagogia da Unaerp. Atua como psicóloga clínica realizando atendimentos em Psicoterapia/Ludoterapia de Orientação Psicanalítica e Orientação Vocacional. Membro Titular do Instituto de Estudos Psicanalíticos de Ribeirão Preto. Membro da Associação Brasileira de Rorschach e Métodos Projetivos. Já colaborou em pesquisas nas áreas de Avaliação Psicológica, Orientação Vocacional e Psicologia Social e da Saúde. 

Patrícia Jacqueline Thyssen

Graduada em Ciências (Biologia) (1997). Mestre (2000) e Doutora (2005) em Parasitologia pela Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Campinas-SP. Pós-doutorado pelas Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Botucatu-SP (2005-2009) e UNICAMP (2009-2011). Atualmente, Professora e Pesquisadora vinculada a Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Participante dos programas de pós-graduação em Biologia Animal (UNICAMP) e Entomologia e Parasitologia (Universidade Federal de Pelotas - UFPel). Atua na área de Parasitologia e Entomologia, com ênfase em: taxonomia, sistemática e biologia de Diptera (Muscomorpha), Entomologia Forense e Terapia Larval. Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Parasitologia da UFPel. Bolsista produtividade CNPq nível 2.

Rafael Luís Del Santo

Graduado em Direito pela Universidade de Ribeirão Preto – UNAERP. Especialista em Direito Processual Civil pela Faculdade Armando Álvares Penteado - FAAP.  Área de atuação: Cível e Empresarial.

Raquel Barbosa Cintra

Residência médica em Medicina Legal pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP), especialista em Medicina Legal e Perícias Médicas pela Associação Médica Brasileira (AMB), Mestre em Bioética pelo Centro Universitário São Camilo, ex-médica legista do Estado de São Paulo (exonerada a pedido), Professora Colaboradora do Curso de Especialização em Medicina Legal e Perícia Médica da FMUSP, Professora de Anatomia Humana e Medicina Legal da Universidade de Mogi das Cruzes, Professora Coordenadora da Liga Acadêmica de Medicina Legal e Bioética da Faculdade de Medicina da Universidade de Mogi das Cruzes, sócia fundadora da empresa ZCF - Zerbini, Cintra e Fuzinato Perícias Médicas  

Fotos

Combate Forense: Ciências Forenses x Criminal Profiling
Combate Forense: Ciências Forenses x Cr...
Ciências Forenses - Botânica Forense
Ciências Forenses - Botânica Forense
X Simpósio Forense
X Simpósio Forense
Ciências Forenses - Papiloscopia
Ciências Forenses - Papiloscopia
Fanáticos Forenses - São Paulo
Fanáticos Forenses - São Paulo
V SIMPOCRIME - Simpósio de Criminal Profiling e Análise Criminal Comportamental
V SIMPOCRIME - Simpósio de Criminal Pro...
IX Simpósio Forense
IX Simpósio Forense
IV SIMPOCRIME - Simpósio de Criminal Profiling e Análise Criminal Comportamental
IV SIMPOCRIME - Simpósio de Criminal Pr...
Ciências Forenses - Biologia Molecular
Ciências Forenses - Biologia Molecular

Programa

DURAÇÃO: 24 meses
- Aulas: 01 encontro presencial por mês (Todo 1º final de semana do mês, sexta feira das 18h às 23h e sábado das 8h às 18h).*
- Aulas teóricas, atividades práticas, visitas técnicas, estudo de casos e simulações.

*O cronograma poderá sofrer alterações em casos de feriados prolongados (incluindo Natal e Ano Novo) e eventos acadêmicos do IPEBJ.

CARGA HORÁRIA TOTAL: 
630 horas incluindo aulas presenciais, atividades complementares, estágio e estudo dirigido.
Obs: O estágio poderá ser realizado na própria cidade onde o aluno reside, através de convênio com o IPEBJ.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
Abordagem na Investigação da Morte
Abordagem em Situações de:
- Trauma
- Asfixia e Intoxicação
- Violência Interfamiliar
- Violência Coletiva
- Saúde Mental
- Custódia e Detenção
- Pós-morte
- Desastre em Massa, Missões Humanitárias e Catástrofes
Autópsia Psicológica: Investigar a Morte e o Morrer
Bioestatística e Saúde Coletiva
Criminalística – Levantamento de Local de Crime – Preservação e Coleta de Vestígios no Intra e Pré-Hospitalar e Desastre em Massa
Didática do Ensino Superior
Direitos Humanos, Ética e Bioética
Enfermagem Clínica Forense
Enfermagem Forense: Perícia, Assistência Técnica e Consultoria
Enfermagem Forense e outras Ciências Forenses: Antropologia Forense, Entomologia Forense, Odontologia Legal, Genética Forense, Toxicologia Forense
Enfermagem Forense Geriátrica
Enfermagem Forense Pediátrica
Enfermagem Forense: Carreira e Competências
Enfermagem Forense: Fundamentos Legais do Exercício da Perícia Forense no Brasil
Enfermagem Forense: Histórico e Conceitos Básicos
Fundamentos da Criminologia, da Vitimologia e Prevenção da Violência
Interface entre Enfermagem Forense e Direito
Medicina Legal: Sexologia Forense, Tanatologia e Traumatologia Forense Metodologia Científica
Métodos de Atenção à Vítima de Abuso Sexual
Noções de Direito Penal e Direito Processual Penal
Noções de Responsabilidade Civil e Processo Civil
Psicologia e Psiquiatria Forense
Registros e Documentação em Enfermagem Forense.
Elaboração de Documentos: Laudos Periciais, Pareceres e Quesitos
Técnicas de Entrevista, Interrogatório e Aconselhamento

Investimento

30x de R$ 550,00

Você pode optar por pagar em até 30x ou ainda obter descontos para pagamentos antecipados - 20x, 12x, ou à vista.

Descontos

Condição de Pagamento:
Em 30 parcelas: R$ 16.500,00 (30 x R$ 550,00)
Em 25 parcelas: R$ 16.500,00 (25 x R$ 660,00) 

*Descontos por Condições de Pagamento:

À vista: 15% de desconto - R$ 14.107,50
Em 12 parcelas: 10% de desconto - R$ 14.905,00 (1 x R$ 550,00 + 11 x R$ 1.305,00). 
Em 20 parcelas: 5% de desconto - R$ 15.702,50 (1 x R$ 550,00 + 19 x R$ 797,50).

*Descontos Especiais:
Desconto para Policiais Federais, Civis, Militares e da Guarda Municipal: 20%
Desconto por indicação: 5% a cada indicação que se matricular em qualquer curso de pós-graduação lato sensu.
Desconto para ex-aluno de pós-graduação do IPEBJ: 25%.
Descontos através de convênios. Clique aqui


*Descontos não se aplicam à primeira parcela do curso (referente à matrícula).